Sabará inaugura Programa de Terapia Fetal e Neonatal

Com uma equipe reconhecida internacionalmente, o Sabará Hospital Infantil inaugura o Programa de Terapia Fetal e Neonatal, que atenderá gestantes que estão esperando bebês com malformações e doenças genéticas, realizando o parto e o tratamento neonatal imediato. “É o primeiro serviço do País a integrar dentro de um hospital infantil um serviço de medicina e cirurgia fetal permitindo assim o atendimento integral de gestantes com fetos com qualquer tipo de malformação”, explicam os coordenadores do programa, Dra. Denise Araujo Lapa e Dr. Gregório Lorenzo Acácio.

No programa, a gestante passará pelos exames e procedimentos diagnósticos, por consultas de medicina fetal, atendimento pré-natal e também com os médicos especialistas que cuidarão do recém-nascido. Realizará cirurgias intra-útero que se façam necessárias, assim como cirurgias e outros procedimentos no recém-nascido. O parto será realizado no Sabará com a retaguarda da mesma equipe para o tratamento neonatal imediato.

O programa reúne o conhecimento de uma equipe com experiência de mais de 20 anos na área e que já desenvolveu técnicas inovadoras adotadas mundialmente, à experiência do Sabará Hospital Infantil, um dos únicos exclusivamente pediátricos do Brasil, acreditado pela Joint Commission International e que possui médicos altamente experientes de todas as especialidades pediátricas.

“O Programa de Terapia Fetal e Neonatal do Hospital Sabará é uma iniciativa inédita em nosso país, com uma lógica semelhante ao Children’s Hospital americano pois integra a atenção pré-natal de fetos com malformações (Ex. gastrosquise, obstrução de vias aéreas, malformações cardíacas complexas) e doenças genéticas com o expertise de profissionais de todas as especialidades clínicas e cirúrgicas neonatais e pediátricas que atuam dentro de um hospital pediátrico com grande experiência nesse tipo de atendimento”, enfatizam os coordenadores do programa.

Tel:  11 25262526

Será possível, ainda, utilizar a telemedicina para consulta clínica de gestantes e para avaliação remota em parceria com especialistas de outros estados.

Reunir o atendimento pré-natal, o parto e o acompanhamento pós-natal num hospital pediátrico faz toda a diferença em casos de alta complexidade. A equipe multidisciplinar de um hospital que atende grande número de malformações pediátricas era o elemento que faltava para o atendimento de fetos malformados.

 

Saiba mais sobre o programa aqui

 

Doenças que tratamos

  • Brida amniótica ou banda amniótica ou brida fetal (Amniotic Band Syndrome / ABS)
  • Síndrome de transfusão feto-fetal ou transfusão entre gêmeos ou síndrome transfusor transfundido ou sequência oligoamnio polidrâmnio em gêmeos ou TOPS (Twin-Twin Transfusion Syndrome / TTTS)
  • Gêmeos idênticos ou gêmeos com placenta única ou doenças de gêmeos monocorionicos (Anomalies in Monochorionic Twins)
  • RCIU isolado na gestação monocorionica ou restrição de crescimento intrauterino isolado em gêmeos idênticos
  • Sequencia de anemia policitemia em gêmeos ou TAPS
  • Estenose aórtica critica (Aortic Stenosis)
  • Obstrução urinaria baixa ou megabexiga ou hidronefrose bilateral ou pieloectasia renal (Bladder Outlet Obstruction) ou uropatia obstrutiva ou agenesia renal bilateral (Obstructive Uropathy)
  • Sequestro pulmonar ou sequestro broncopulmonar (Bronchopulmonary Sequestrations / BPS)
  • Teratoma cervical ou tumor cervical ou linfangioma (Cervical Teratoma / CT)
  • Bloqueio cardiaco total ou bloqueio AV total (Complete Heart Block)
  • Taquiarritmia fetal ou taquicardia fetal
  • Tumores cardíacos fetais
  • Malformação cardíaca fetal
  • Malformação adenomatoide cística do pulmão ou CCAM ou CPAM (Congenital Pulmonary Airway Malformation – CPAM)
  • Hérnia diafragmática congênita (Congenital Diaphragmatic Hernia – CDH)
  • Obstrução de vias aéreas congênita ou Obstrução congênita de vias aéreas (Congenital High Airway Obstruction Syndrome / CHAOS)
  • Gastrosquise (Gastroschisis)
  • Hidrocefalia (Hydrocephalus)
  • Hipoplasia de coração esquerdo ou hipoplasia de coração direito ou hipoplasia de ventrículo esquerdo ou hipoplasia de ventrículo direito (Hypoplastic Left Heart Syndrome / HLHS)
  • Mielomeningocele ou espinha bífida ou meningomielocele ou raquisquise ou mielosquise (Myelomeningocele / Spina Bifida)
  • Onfalocele (Omphalocele)
  • Derrame pleural (Pleural Effusions)
  • Teratoma sacrococcigeo (Sacrococcygeal Teratoma / SCT)
  • Feto acárdico ou gêmeo acárdico ou gemelar acárdico ou sequencia TRAP ou TRAP (Twin-Reversed Arterial Perfusion Sequence / TRAP Sequence)
  • Corioangioma placentário
  • Hidropisia fetal
  • Parto com EXIT (extra partum intrauterine treatment) para obstruções de vias aéreas congênita ou CHAOS (EXIT to Airway Procedure for CHAOS)
  • Parto com símile-EXIT para correção imediata da gastrosquise (cordão umbilical ainda ligado)

 

Autor: Mariana Setubal

Atualizado em: 10/7/2020