Fique seguro no hospital que mais entende de criança

No Sabará Hospital Infantil, mudamos os fluxos, criamos novos protocolos e tomamos todas as medidas para garantir a segurança dos pacientes, familiares e cuidadores. Sabemos que dúvidas e receios podem surgir. Abrimos este canal de comunicação para estarmos mais pertinho de você e da sua família e, assim, esclarecer suas dúvidas.

Entre em contato e tire suas dúvidas

Ou clique aqui para tirar suas dúvidas por Whatsapp

Fluxo Seguro Sabará

O Sabará adotou todas as medidas pertinentes para maximizar a segurança dos pacientes que precisam realizar cirurgias.

Quando precisar do Sabará, queremos que você esteja seguro!

Conheça em detalhes todos os Fluxos Seguros Sabará:

1

Coleta

Coleta domiciliar de pesquisa para Covid-19, 48 horas antes da cirurgia.

Ícone

2

Telemedicina

Avaliação pré-anestésica utilizando telemedicina.

Ícone
3

Estacionamento

Família recepcionada por cuidador devidamente protegido e equipados com EPIs.

Ícone
4

Recepção

Fluxo exclusivo sem cruzamento com pacientes suspeitos ou confirmados de
Covid-19.

Ícone
Paciente eletivo
Pais e pacientes já chegam ao Sabará com máscaras cirúrgicas que receberam em casa, garantindo sua devida proteção.
Após chegada ao estacionamento, seguem diretamente para o andar da internação, onde começam os atos administrativos.
1

Triagem

Medição da temperatura em todas as pessoas na entrada do hospital e questionário sobre sintomas respiratórios.

Ícone

2

Máscaras

Entrega de máscaras aos pacientes com sintomas respiratórios e seus acompanhantes.

Ícone
3

Área isolada

Pacientes com sintomas respiratórios são direcionados para uma área isolada no térreo do hospital.

Ícone
4

Fluxo

Pacientes com e sem sintomas respiratórios seguem caminhos diferentes até o atendimento pelo médico.

Ícone
1

Máscaras

Entrega de máscaras a paciente e familiares ao chegar para realizar um exame.

Ícone

2

Higienização das salas

As salas de exames são higienizadas após cada uso.

Ícone
3

Fluxo

O fluxo é organizado de maneira que ocorra a menor circulação possível pelas dependências do hospital.

Ícone
1

Contato na véspera

Equipe entra em contato confirmando consulta. Em caso afirmativo questiona sobre sintomas respiratórios e sugere reagendamento.

Ícone

2

Acompanhante

É liberado apenas um acompanhante por paciente.

Ícone
3

Triagem

Enfermeiras ficam na porta para triar casos respiratórios e entregar máscaras.

Ícone
4

Espera

Maior espaçamento entre poltronas em todas recepções. Retirada de brinquedos e material para desenho de uso comum.

Ícone
5

Recepções separadas

Separação de recepções: andar de pacientes respiratórios e andar de pacientes não respiratórios.

Ícone
Aviso de confirmação de consulta, reafirmando que em caso de sintomas como tosse, febre e dificuldade de respirar, a consulta deve ser reagendada.
Revisamos os processos e atendemos separadamente pacientes com sintomas respiratórios

Telemedicina Sabará

Sabará possui agora o serviço de Telemedicina, um instrumento integrador de soluções visando a saúde conectada da criança. É um modelo de cuidado a distância, diferenciado para a pediatria, permitindo um atendimento integrado e interdisciplinar, focado em toda a jornada do paciente.

Fluxo Seguro Depoimentos

Conheça histórias de famílias que passaram pelo Sabará recentemente para a realização de cirurgias

Estive com meu filho no Sabará. ele teve parafimose e o atendimento, como sempre, foi impecável! Tudo realmente separado. O medo de ir existiu, mas ficamos sem saída e fomos com máscaras. Só temos que agradecer por todo esse cuidado, inclusive das médicas e enfermeiras que acalmaram tanto quanto o caso dele como ao Covid-19. Dra. Melissa que fez a cirurgia dele, muito obrigada e a toda a equipe também. Jessica Sobral Andrade
O Theo fez uma cirurgia de fimose no final de maio. A cirurgia estava marcada e, quando começou a pandemia, foi cancelada. Só que estava piorando e eu sabia que o isolamento social não acabaria tão cedo. Então, decidi marcar novamente a cirurgia. Quanto mais tempo demorasse para fazer, pior ficaria. Além disso, como estou em casa neste período, consigo cuidar dele. Como criança não é público de risco e o Sabará só atende crianças, sabia que seria seguro. Em casa, antes da cirurgia, fiz videoconferências com a equipe do hospital, trouxeram máscaras para mim, meu esposo e para o Theo, fizeram o teste de Covid nele. No Sabará, não encontrei nenhuma criança. Fui direto lá pra cima e, depois da cirurgia, tivemos alta no mesmo dia. Karoline Marques, mãe de Theo, de 3 anos.
Eu não conhecia o Sabará. Achei que o Matheus estava com uma hérnia e conversei com a pediatra, que me encaminhou para o pronto-socorro do Sabará. Depois, passamos por uma consulta no Centro de Excelência. A cirurgia não era de emergência, mas também não dava para esperar 6 meses. Era um procedimento simples, mas o Matheus tem paralisia cerebral e precisava de mais cuidados. Eu achei o hospital maravilhoso. As pessoas ficam de costas no elevador, a enfermeira higieniza as mãos o tempo todo, o protocolo de limpeza é ótimo. A parte de humanização também. A médica Natalia é uma pessoa muito bacana, o enfermeiro Adriano me acalmou e me explicou tudo. Se precisar novamente, já sei para onde ir. Patrícia Manzieri Nunes, mãe de Matheus, de 11 anos

Fluxo Seguro FAQ

Perguntas e respostas

Os pacientes confirmados ou suspeitos ficam em andares separados?

Sim. No Sabará Hospital Infantil temos andares destinados a pacientes com sintomas respiratórios, e andar de internação destinado a pacientes cirúrgicos.

No Sabará há muitos casos confirmados?

Publicamos diariamente no site do Sabará um boletim Covid, onde é possível acompanhar o número de casos confirmados e internados.

Mundialmente a Covid-19 tem se mostrado uma doença menos prevalente na criança, o que faz com que nossos números (dado a natureza de Hospital Pediátrico) sejam consideravelmente menores do que hospitais que atendem o público adulto.

A maioria dos casos que diagnosticamos não precisou de internação.

O fluxo de atendimento está diferenciado?

Sim. Temos um fluxo específico para os pacientes cirúrgicos, para maximizar sua segurança. O fluxo consiste nas seguintes etapas:

  • Coleta domiciliar de pesquisa para Covid de 72 a 48 horas antes da cirurgia;
  • Avaliação pré-anestésica usando a telemedicina;
  • Pais e pacientes recebem máscaras cirúrgicas em casa e já chegam ao Sabará utilizando as mesmas;
  • As chegar no hospital, as famílias são recepcionadas por cuidador devidamente protegido por EPIs;
  • Pacientes e familiares se dirigem diretamente ao andar de internação, onde começam os trâmites administrativos. Todo o processo é feito por uma recepção exclusiva para internações eletivas, sem cruzamento de fluxo com pacientes suspeitos ou confirmados de Covid.

Quais cuidados devemos ter durante a internação?

Durante a internação, os pacientes e acompanhantes devem utilizar máscaras o tempo todo dentro das áreas de circulação no hospital, e os acompanhantes também são orientados a utilizar máscara dentro do quarto em caso de paciente suspeito de alguma doença transmitida por gotículas ou aerossóis.

Higienizar as mãos com álcool em gel 70% assim que entrar no hospital, antes de entrar e sair dos quartos e sempre que possível, principalmente após contato com superfícies e antes de levar as mãos ao rosto.

Devemos evitar circulação desnecessária em ambiente hospitalar.

Lembramos que o hospital possui fluxo de pronto atendimento, de exames diagnósticos e áreas de internação exclusivos para pacientes com suspeita de doenças respiratórias e transmitidas pelo ar. Todos os quartos de internação são individuais, todos os profissionais, cuidadores, pacientes e acompanhantes devem obrigatoriamente utilizar máscara dentro da Instituição.

Existe risco de contaminação?

O Hospital Infantil Sabará tomou todos os cuidados para que o risco seja o menor possível.

Cuidadores com sintomas suspeitos de doenças transmitidas por gotículas ou aerossóis são afastados durante período de transmissão. Acompanhantes sintomáticos são orientados a não entrarem no hospital, somente entram em casos estritamente necessários, utilizando máscara e em setores determinados para eles.

Os pacientes com suspeita de doença respiratória são atendidos e internados em área exclusiva em pronto atendimento, unidade de internação e UTI, seguindo fluxo de transporte próprio e utilização de máscaras.

Quais os cuidados quando retornar para casa?

O risco de transmissão de COVID-19 pelas roupas é baixo, exceto se contato próximo por período prolongado com paciente muito sintomático respiratório. Porém, para diminuir mais ainda o risco de transmissão viral através das roupas é indicado que seja lavada ao chegar em casa e higienize-se as mãos com álcool 70% ou água e sabão.

Ressaltamos que o uso obrigatório de máscara por todos dentro do hospital diminui muito o risco de transmissão da doença através de roupas.

Queremos saber se sua criança está bem

Estamos disponíveis para tirar todas as suas dúvidas:

1

Seu(sua) filho(a) está com algum problema de saúde?

Sim Não
2

Seu(sua) filho(a) precisa realizar alguma cirurgia?

Sim Não
3

Seu(sua) filho(a) precisa realizar uma consulta?

Sim Não
4

E você, como se sente diante disso?

5

Quer conversar com alguém para tirar suas dúvidas?

Sim Não
6

Qual seu e-mail?