Centros de Excelência e Serviços / Núcleo de Cranioestenose e Assimetrias Craniofaciais

Histórias marcantes

“Hoje vou compartilhar minha história vitoriosa, a história do meu Lucas que sempre fez jus ao significado do seu nome: Luz, luz na minha vida. Nasceu um bebê lindo, forte e com ele veio o maior aprendizado da minha vida até hoje.

Após o nascimento, fui percebendo que não estava tudo tão bem; com 2 meses eu percebia que havia uma pequena crista na testa dele, mas o pediatra disse: “Está tudo bem, mãe. O crescimento e desenvolvimento dele está ótimo”.

Lucas foi um bebê precoce, logo levantou o pescocinho, virou (até caiu da cama rs) e engatinhou logo. No entanto, conforme ele ia crescendo, essa crista na cabeça crescia também. Aos 8 meses, eu reforcei para o pediatra “Doutor, não está tudo bem”, então ele resolveu avaliar mais a fundo. Fomos encaminhados para o neurologista e o pedido de Tomografia 3D nos trouxe o resultado: Trigonocefalia.

“Trigonocefalia ocorre quando há fusão prematura da sutura metópica. A sutura metópica se fecha prematuramente, a cabeça tende a ter um formato triangular quando visto de cima, a testa adquire uma saliência familiar a proa de um barco e é possível ainda sentir a rigidez (crista).”

Desde o momento que entramos na sala para Tomografia sabia que não era algo simples. “Por que meu bebê precisava estar ali?” “Por que precisávamos estar passando por isso?”.

Questionamentos que se multiplicaram quando chegou o resultado. De fato, começava a nossa batalha. Mas foi uma batalha em que Deus colocou anjos na minha vida, para me empoderar sobre o assunto, passar segurança e lutar comigo para vencer. Tivemos a indicação do Doutor Fernando Gomes Pinto, como um dos melhores neurocirurgiões de São Paulo. Nesse momento, o medo aflorava em nós. Quando chegamos na primeira consulta com ele, me senti acolhida, nós com todas milhões de perguntas e ele com todas as respostas, além de ter muita empatia e compreensão. Ele nos explicou o resultado do exame e trouxe a solução, me amparou. Saí da sala com a certeza que nosso pequeno iria operar, que era o melhor para ele e que eu o entregaria nas mãos do Doutor Fernando, que é guiado e iluminado por Deus.

Lucas foi operado para a correção no Hospital Sabará, dia 26 de Abril de 2018. Fomos preparados para ficar de 3-5 dias na UTI. Desde a noite que internamos até o dia de alta, muitos anjos foram conversar conosco: a equipe de anestesia foi muito atenciosa e paciente, explicando tudo a todo momento e tentando manter minha calma. No momento em que deixei meu bebê no centro cirúrgico, o Dr pediu para conversar com Jesus e essa era a única frase que eu lembrava durante a espera. Toda a equipe foi muito solícita, me mantendo informada e após 5 horas tivemos a notícia que tinha dado tudo certo.

Confesso que nosso primeiro encontro não foi o mais sonhado e eu não estava preparada, o processo é invasivo e o meu bebê tinha ficado com hematomas e estava anestesiado. Não desejo que nenhuma mãe passe por isso, pois não foi fácil não poder pegá-lo no colo, acalmá-lo naquele processo pós-cirúrgico, anestesiado. Mas eu tinha um remédio para ele, um que somente eu poderia ter: o meu leite, o LEITE MATERNO.

Desejo que todas que tenham que enfrentar, possam ter acesso à informação, encontrem um médico, uma equipe como essa. No segundo dia, ele teve alta para o quarto e no quarto dia teve alta para voltar para casa. Foi tudo um sucesso, cada hora era uma vitória para mim, sentia Deus me colocando em seu colo e me dando forças. E eu agradeço todos os dias a Deus, pelo milagre da vida, por ter guiado às mãos dos médicos, por ter me dado a força necessária para encarar tudo isso, por ter trazido o sorriso do meu bebê novamente. Por mais difícil que foi, temos uma vida tranquila, acesso à informação, a profissionais, onde muitos sofrem por não ter esse direito garantido.

Aqui fica o meu relato e agradecimento a Deus, ao Dr. Fernando e equipe, à Dra. Maria Augusta, às enfermeiras da UTI, entre elas a Bruna (que foi uma querida!).

Conheci mães e famílias que dividiram comigo os seus momentos, me acolheram e ficaram comigo em todos os segundos. Histórias valiosas, que nos fazem refletir ainda mais sobre o sentido da vida, do amor.” Bruna Teixeira, mãe de Lucas e Gabriel

Bruna e os filhos Lucas e Gabriel

 

Conte também a sua história relacionada ao Núcleo de Cranioestenose e Assimetrias Cranianas do Sabará:
 

Autor: Dr. Fernando Gomes Pinto - CRM: 90797

Atualizado em: 14/2/2019