Sabe aquela sujeirinha do nariz? Não deixe seu filho tirar!

Novo estudo publicado pelo European Respiratory Journal identificou que o hábito de tirar meleca do nariz pode espalhar a bactéria pneumococo, que causa pneumonia, otite, sinusite e meningite, contaminando objetos e outras pessoas. Não apenas cutucar o nariz, como esfregar a mão nele tiveram o mesmo efeito no estudo.

“Garantir uma boa higiene das mãos e a limpeza de brinquedos ou superfícies provavelmente reduziriam a transmissão e reduziriam o risco de desenvolver uma infecção pneumocócica, como pneumonia”, diz Victoria Connor, uma das especialistas que conduziu o estudo.

Segundo o otorrinolaringologista do Sabará Hospital Infantil Dr. Fabrizio Romano, a criança que tem este hábito também está levando germes do ambiente para dentro da cavidade nasal e consequentemente para suas vias respiratórias, ficando mais suscetível a infecções.

“Além disso, este hábito pode provocar lesões no septo nasal, causando formação de crostas e sangramentos. Em casos muito severos pode ocorrer até uma lesão crônica e evolução para perfuração do septo nasal”, explica o médico.

Para que a criança não continue com esse hábito, os pais devem orientar, explicar os riscos e os porquês de não fazer aquilo. Não é apenas uma questão social, e sim uma questão de saúde. “Outra recomendação para evitar lesões é manter as unhas das crianças sempre limpas e bem aparadas”, diz o Dr. Fabrizio.

Autor: Mariana Setubal

Atualizado em: 25/10/2018