Como se proteger de um vírus?

Vírus respiratórios causam uma série de sintomas incômodos que geralmente incluem coriza, tosse, dor de garganta, febre, dores no corpo, indisposição e falta de apetite, entre outros. Às vezes, causam também pânico, como no caso do coronavírus e do H1N1. É verdade que todos estamos suscetíveis a contrair uma doença causada por esses vírus, mas também podemos nos proteger deles – e não é tão difícil assim.

Os vírus respiratórios se propagam habitualmente de uma pessoa para outra pelo ar ou objetos contaminados. Se a sua mão tocou numa superfície contaminada, como a alça do ônibus, e depois foi para o olho, por exemplo, já é uma maneira de pegar a doença. Ou ainda se alguém deu um espirro ou tossiu próximo de onde você está.

Existem alguns cuidados básicos que, se forem seguidos, ajudam a proteger dos vírus respiratórios. Essas regras são chamadas de etiqueta respiratória ou etiqueta da tosse.

 

  • Lavar as mãos: estudos mostram que a lavagem das mãos pode prevenir uma em cada cinco infecções respiratórias, como resfriados e gripes.
  • Você pode ensinar seu filho a lavar as mãos desde cedo. Ensine pelo exemplo!
  • Tenha em mente um tempo de 20 segundos para a lavagem das mãos. Veja abaixo o passo a passo para a lavagem das mãos.
  • Você também pode levar na sua bolsa um frasco de álcool gel para utilizar quando não houver torneira por perto.
  • Ao tossir ou espirrar cubra o nariz e a boca com um lenço de papel ou, se não tiver, utilize o antebraço. Se utilizar as mãos, lave-as em seguida.
  • Quando estiver com sintomas de doença respiratória, procure ficar em casa e evitar locais com aglomerações de pessoas. Principalmente, não visite pessoas doentes ou bebês.
  • A máscara hospitalar também funciona se utilizada pelas pessoas que estão com sintomas respiratórios para reduzir o risco de transmitir. Lembre-se delas quando for num pronto-socorro, para evitar contaminar outras pessoas.

Além da etiqueta da tosse, não esqueça das vacinas contra influenza e pneumococo. Consulte o seu pediatra para saber se o cartão do seu filho está atualizado.

 

Lavagem das mãos – passo a passo

  • Retirar todos os adornos das mãos (anéis, alianças, relógios e pulseiras);
  • Molhar as mãos e, com uma porção de sabão líquido, friccionar uma palma contra a outra e em seguida friccionar o dorso das mãos;
  • Limpar as partes mais escondidas das mãos, entre os dedos, embaixo das unhas e entre as pregas das palmas das mãos;
  • Enxaguar bem as mãos e secar;
  • Quando o álcool gel for utilizado, a mesma sequência deve ser seguida e as mãos friccionadas até secar completamente.

 

Quando lavar as mãos?

  • Depois de ir ao banheiro;
  • Antes, durante e depois de preparar a comida;
  • Antes de comer;
  • Antes e depois de cuidar de alguém que está doente;
  • Depois de trocar fraldas ou limpar uma criança que usou o banheiro;
  • Depois de assoar o nariz, tossir ou espirrar;
  • Depois de tocar em animais, dar comida ou limpar sua sujeira;
  • Depois de tocar no lixo;
  • Ao chegar em casa;