Pronto-socorro ou consultório do pediatra?

Quando uma criança está doentinha, ficamos nos perguntando qual é a melhor saída: esperar mais um pouco para ver se melhora, ligar para o pediatra ou ir a um pronto-socorro. Essa decisão vai depender dos sintomas que a criança apresenta. O pronto-socorro é voltado para emergências e situações de risco. Para as demais ocasiões, a melhor conduta é, primeiro, ligar para o pediatra que já a conhece e então tomar a decisão de levar ou não ao pronto-socorro.

Se não conseguir falar com o pediatra e não tiver certeza se o caso do seu filho é uma emergência, o pronto-socorro pode se apresentar como a opção mais segura. Lembrando que a ida ao PS pode expor a criança a vírus e bactérias e isso não deve ser feito desnecessariamente.

Leia também: 10 coisas que os pais devem saber antes de ir ao pronto-socorro

Leve em consideração os sinais de alerta para entender a real necessidade de uma visita ao pronto-socorro. Alguns deles são:

  • Dificuldade para respirar ou falta de ar
  • Concussão (se a criança bateu a cabeça)
  • Engasgo
  • Perda de consciência
  • Dores agudas ou intensas
  • Fratura
  • Trauma
  • Crises convulsivas
  • Dor ou pressão no peito ou no abdome
  • Tontura
  • Confusão mental e sonolência
  • Reações alérgicas com placas vermelhas ou falta de ar
  • Vômitos intensos ou persistentes
  • Dificuldade de manter a criança hidratada (recusa a receber líquidos, diminuição da quantidade de xixi)
  • Bebê de até 3 meses com febre, palidez, apatia ou roxinho também deve ser levado ao PS.

Saiba mais sobre quando procurar um pronto-socorro

No pronto-socorro, você vai encontrar: exames laboratoriais (de sangue), raio X, ultrassom, exame de líquor, tomografia computadorizada, ressonância magnética, entre outros que podem ser indicados pelo médico. No Sabará, por ser um hospital pediátrico, a coleta de exames é realizada por profissionais especializados no atendimento infantil.

Para escolher o pronto-socorro, além de considerar a distância, verifique se no estabelecimento escolhido há pediatras de plantão e médicos especialistas. Aqui no Sabará Hospital Infantil, temos otorrinolaringologistas e ortopedistas de plantão, além de todas as especialidades à distância. Em caso de ferimentos que necessitem de pontos de sutura, a mesma pode ser realizada por um cirurgião plástico.

11 perguntas para fazer antes de escolher um hospital

Autor: Mariana Setubal

Atualizado em: 03/12/2018