Crescem os traumas em crianças na quarentena

Queda de camas e sofás aparecem entre as maiores causas de acidentes

Quem é que não sente aquela deliciosa sensação de segurança ao chegar em casa? Com o isolamento social de adultos e crianças, o lar não se mostra tão seguro assim.

A pandemia mudou a rotina de todos, incluindo a das crianças.  Confinados em casa, os pequenos não têm muito espaço para brincar e acabam sofrendo mais acidentes, mesmo sob a supervisão de um adulto.

De acordo com os dados analisados pelo Dr. Wilson Lino Jr, chefe do Departamento de Ortopedia do Sabará Hospital Infantil, houve um aumento de 15% no número de crianças acidentadas em casa no período de março a junho de 2020,  em relação ao mesmo período do ano anterior.

Ainda, segundo o levantamento realizado entre os próprios pacientes da Instituição, a queda de camas e sofás está entre as maiores causas de acidentes. Escadas, cadeiras e cadeirinhas de alimentação também estão entre os principais relatos de acidentes mencionados pelos pais, em nosso Pronto-Socorro. Vale destacar que uma em cada cinco crianças precisa de sutura após sofrer um acidente doméstico.

“Pelo nosso levantamento, a idade mais frequente dos acidentes está na faixa entre três e quatro anos de idade, na mesma proporcionalidade entre meninos e meninas”, destaca o ortopedista pediátrico. O que também nos chama a atenção  é que, em alguns relatos, as ações dos familiares estão relacionadas com os traumas sofridos pelas crianças como tropeções, quedas e brincadeiras que acabam machucando a criança.

Quando eu devo procurar um Pronto-Socorro?

Nas quedas, é importante ficar de olho se, após um tombo, a criança manifestar sonolência, vômitos, dor de cabeça, perda de consciência, abatimento ou qualquer anormalidade. Nos casos mais graves, a ida ao Pronto-Socorro se faz necessária mesmo em tempos de pandemia.

Telemedicina de Urgência

Para todos os casos mais simples, os pais podem contar com a Telemedicina de Urgência, que presta um atendimento personalizado, orientando sobre a melhor conduta. O paciente é atendido por um pediatra experiente do pronto-socorro do Sabará Hospital Infantil, sem precisar sair de casa. Esta modalidade de atendimento foi pensada especialmente para o período de pandemia de COVID-19, em que as famílias estão orientadas a ficar em casa o máximo possível.

Sabemos que crianças precisam de assistência médica com frequência e, muitas vezes, os pais ficam em dúvida se é necessário procurar um pronto-socorro. Como a ida a um hospital sempre representa um risco, já que é um ambiente onde circulam pessoas com doenças respiratórias transmissíveis, queremos ajudar as famílias a evitar idas desnecessárias ao pronto-socorro, principalmente neste período de pandemia de COVID-19.

Com os recursos da telemedicina, o pediatra do Sabará poderá ver a criança e escutar suas queixas e de seus pais ou responsáveis, esclarecer dúvidas, orientar tratamento domiciliar ou a necessidade de ir ao pronto-socorro para melhor avaliação clínica e/ou realização de exames.

A solicitação pode ser feita diretamente pelo site https://www.hospitalinfantilsabara.org.br/produto/tele-orientacao/ com toda a facilidade, agilidade e segurança.