Visão geral

O setor de Tesouraria é responsável por fechar a conta dos pacientes do Hospital. Com uma equipe de quatro pessoas, a área analisa os valores gastos por cada paciente e efetua a cobrança.

No primeiro andar do Hospital, ao lado do balcão de internação, fica a sala da Tesouraria, que funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h e aos sábados das 9h às 14h. Os responsáveis pelos pacientes devem passar por lá no momento da alta para fechar a conta, mesmo em caso de internação coberta pelo plano de saúde, já que alguns itens, como refeições, podem não estar cobertos.

Nos casos de pacientes particulares, a equipe da Tesouraria faz o primeiro contato com a família, informando uma estimativa de custo (de acordo com o período previsto de internação) e fecha uma conta parcial a cada três dias, efetuando a cobrança. O setor faz questão de deixar a família do paciente ciente do valor da conta, principalmente quando os custos estão elevados.

Em caso de cirurgias agendadas com preço fechado (pacotes particulares), o pagamento será realizado integralmente no momento da internação junto à Tesouraria, sendo solicitada a presença dos responsáveis após a alta para eventuais ajustes.

Já no caso de cirurgias que não fazem parte dos pacotes, é cobrado 70% do valor antecipadamente (seguindo uma estimativa do total) e o restante após o procedimento, já com os valores corretos. Essa diferença pode ser maior ou menor do que aqueles 30% estimados.

A equipe de Tesouraria não vai até o quarto dos pacientes, o contato é feito por telefone (número do quarto) para solicitar a presença dos responsáveis na sala do primeiro andar.

Nos casos de pacientes do Pronto-Socorro, em geral a cobrança por itens não cobertos pelo convênio (exame de sorologia para dengue, por exemplo), é feita após a alta por boleto bancário enviado ao endereço cadastrado.

Os consultórios localizados em outros endereços (Centros de Excelência e Instituto PENSI) têm os chamados ‘caixas estendidos’, ou seja, recebem os pagamentos no próprio local, mas também fazem parte da Tesouraria do Hospital.

Caso um item da conta do paciente seja questionado pela família, o funcionário da Tesouraria entrará em contato com os profissionais de saúde para esclarecer a dúvida. A Tesouraria é o canal que os responsáveis têm para assuntos sobre a conta, porém não tem conhecimento técnico para determinadas questões sobre uso de equipamentos ou medicamentos. Para perguntas muito específicas, como a forma como o procedimento foi realizado, orientamos conversar com o médico.

Conheça o time

A equipe de Tesouraria conta com quatro pessoas, são elas:

Fabio Olivato Ferraz

Gerente Financeiro

Graduado em Tecnologia Elétrica pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduado em Finanças pela mesma Universidade. Pós-graduado em Administração Hospitalar pela Universidade São Camilo.Com 20 anos de experiência na área financeira, atuando nos últimos 10 anos na área da saúde.

 

Valquiria Gomes

Assistente financeiro

Técnico em Contabilidade, com 24 anos na área hospitalar, atuando em grandes hospitais de São Paulo.

 

Louis Henrique Alves

Assistente financeiro

Técnico em Administração – ETEC Martin Luther King, com 12 anos no atendimento ao público, atuando nos últimos 4 anos na área da saúde.

 

Marcia Pereira de Oliveira

Analista Financeira

Graduada em Tecnologia Gestão Hospitalar pela Faculdade Carlos Drummond de Andrade. Pós-graduada em Administração Hospitalar pela Faculdade de Medicina Santa Casa de Misericórdia. Com 25 anos na área hospitalar, atuando em grandes hospitais de São Paulo.

 

Tesouraria em números

  • Atendimentos no Pronto-Socorro em 2016: 109.279, sendo 2034 particulares (no caso dos atendimentos do Pronto-Socorro, apenas os pacientes particulares passam pela Tesouraria);
  • Altas de internação em 2016: 7530 (todos passam na Tesouraria).

Informativos para os pais

Formas de pagamento: 3% de desconto para pagamento à vista (pode ser via depósito bancário) ou parcelamento em até 3 vezes sem juros no cheque ou no cartão.

 

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 16h e aos sábados das 9h às 14h. Nos períodos em que a Tesouraria não está aberta, a cobrança é realizada por outros setores, como internação e Pronto Socorro. Nesses casos, no primeiro dia útil após a alta, o departamento de faturamento fará o fechamento da conta e, se houver alguma pendência, a cobrança será feita via boleto.

Os responsáveis podem procurar a Tesouraria para checar o valor da conta e realizar pagamentos parciais, basta ir à sala localizada no primeiro andar durante o horário de funcionamento.

Na internação, o responsável pelo paciente assinará um termo informando que todas as despesas não cobertas pelo convênio serão cobradas dele.

Compartilhe sua experiência




Informações para profissionais

Como cobrar os seus honorários médicos

Os especialistas que fazem atendimento no Hospital têm duas opções: cobrar seus honorários diretamente à família durante o atendimento ou deixar seu recibo na Tesouraria para que a mesma faça a cobrança. Na segunda opção, a Tesouraria informa ao responsável do paciente sobre essa despesa e cobra separadamente.

O Hospital repassará o valor para o médico posteriormente.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Tesouraria, no telefone: (11) 3155 2823, ou com o Repasse Médico, nos contatos (11) 3155 2857 ou (11) 3155 2869.
Trabalhe conosco 

Serviços

  • Contas a receber;
  • Contas a pagar;
  • Repasse médico;
  • Tesouraria.

Autor: Equipe Sabará

Atualizado em: 03/8/2017