Visão geral

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar é um setor relacionado com a Qualidade e Segurança Assistencial. Atua em todas as unidades do hospital e junto a todos os serviços visando evitar a Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS), também chamada de infecção hospitalar.

A equipe é responsável por executar as ações necessárias para a identificação precoce das infecções hospitalares, a fim de garantir a segurança total dos pacientes. É responsável por elaborar e coordenar o PCIH (Programa de Controle de Infecção Hospitalar).

O monitoramento constante das IRAS permite que os processos assistenciais sejam aperfeiçoados. As diretrizes básicas do Programa de Controle de Infecção Hospitalar do Sabará são:

  • Vigilância epidemiológica das infecções hospitalares;
  • Uso racional de antimicrobianos;
  • Higienização das mãos;
  • Educação continuada dos profissionais da saúde;
  • Monitoramento do perfil de resistência e sensibilidade aos antimicrobianos das bactérias causadoras de infecções hospitalares;
  • Padronização, implantação e monitoramento das medidas de isolamento;
  • Educação de familiares, por vários meios, entre os quais a disponibilização de impressos informativos.

Evitar as infecções hospitalares é um importante sinal de qualidade de assistência prestada e também de bem-estar ao assistido e redução significativa de custos e do tempo de internação e danos ao paciente.

Há legislação, manuais de associações de profissionais e órgãos nacionais e internacionais que norteiam as boas práticas, baseados em evidências científicas, visando a prevenção e o controle das infecções.

O Ministério da Saúde exige que todos os hospitais mantenham um programa de controle de infecção hospitalar, destinado a reduzir ao mínimo a incidência e a gravidade das infecções. Nesse programa é necessário haver uma comissão multiprofissional. No Sabará, a CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) tem mais de 20 membros, entre médicos e enfermeiros, além de profissionais de áreas como nutrição, fisioterapia e limpeza. Esse grupo se reúne mensalmente para estabelecer recomendações, que são colocadas em prática pelo Serviço de Controle de Infecção Hospitalar.

Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)

No Brasil, as CCIHs surgiram na década de 1970 com a preocupação em se conhecer os índices de infecções em hospitais, sendo atualmente de caráter obrigatório em todas as unidades de saúde. Essa comissão é formada por representantes de diferentes áreas do hospital, tendo como responsabilidade definir ações normativas e coordenar todas as atividades de prevenção, investigação e controle das infecções hospitalares, sendo constituída de membros consultores e executores. O Sabará conta com uma CCIH formalmente nomeada, com representantes de várias áreas hospitalares e que se reúne para avaliar os resultados das ações de prevenção de infecção.

Conheça o time

Francisco Ivanildo de Oliveira Junior

Gerente de Qualidade Assistencial e do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar;

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); fez Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Instituto de Infectologia Emílio Ribas; e Mestrado na mesma área pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); Pós-graduado em Administração Hospitalar pelo Centro Universitário São Camilo.

 

Roberta Ferreira Mariano
Enfermeira pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP); com Especialização em Controle de Infecção pela Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (InCor-HCFMUSP).

 

Talitha Raphaela da Silva – enfermeira pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Pós-graduada em Enfermagem Pediátrica e Neonatal pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Especialização em Prevenção e Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde pela UNIFESP.

Qualidade e segurança

Serviço de controle de infecção hospitalar em números

Informativos para os pais

Uma ação fundamental do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar é a promoção da higienização das mãos, que é a medida mais importante para prevenção das infecções.

O paciente e seus familiares são orientados sobre a importância desse ato e são estimulados a perguntar ou lembrar os profissionais a higienizarem as mãos durante o seu cuidado.

Leia também: como você pode proteger as crianças de infecções

Leia também: lembre-se de quando estiver hospitalizado…

Compartilhe sua experiência




Informações para profissionais

Serviços relacionados

A área de Qualidade e Segurança Assistencial faz interface com todos os setores do Hospital, veja alguns dos serviços relacionados diretamente:

Autor: Equipe Sabará

Atualizado em: 07/8/2017