Visão geral

A engenharia clínica é uma manutenção especializada, responsável pelos equipamentos eletromédicos ou biomédicos. O setor é encarregado pelo cuidado de todos os equipamentos usados por profissionais da saúde, de pequeno e grande porte: desde um termômetro infravermelho até os aparelhos de Tomografia, Raio X e Ressonância Magnética. Todo equipamento que serve para aferir dados do paciente deve passar por uma verificação da equipe de engenharia clínica.

O setor tem algumas rotinas para garantir o bom funcionamento dos equipamentos. Diariamente, um técnico da engenharia clínica faz uma ronda em todo o prédio do Hospital, com ênfase maior em alguns setores específicos, que são mais críticos. Essa é a rotina preditiva, que consiste em fazer algumas verificações, como a checagem do nível do Hélio na Ressonância Magnética.

Além disso, há as manutenções preventivas, que são programadas de acordo com o manual do fabricante do equipamento. Nesses casos, a equipe de engenharia clínica para o equipamento para fazer revisões, ajustes e uma aferição. Também é feita a calibração de todos os equipamentos com uma empresa terceirizada.

Quando ocorre uma falha em algum aparelho, a equipe é acionada para a manutenção corretiva. Um diferencial da engenharia clínica do Hospital Infantil Sabará é que o técnico trabalha com um tablet, o que agiliza o processo.

O que fazemos de diferente

Nas manutenções, o Sabará só utiliza acessórios e peças originais do fabricante. Isso garante a segurança do paciente.

A maior parte dos nossos equipamentos são configurados especialmente para as crianças, como o ventilador, o aparelho que auxilia na respiração de pacientes intubados. Há módulos ventilatórios específicos para a pediatria. Outro exemplo é o sensor de oximetria (aquele que é colocado no dedo para verificar a oxigenação no sangue do paciente): usamos um modelo menor, específico para o dedo das crianças, que garante uma medição mais precisa.

O aparelho de Raio X tem um software pediátrico, que calcula a densidade do paciente e emite a quantidade de radiação que ele precisa. Também armazena a quantidade de radiação que o paciente tomou num certo período, para que o limite seja controlado.

Conheça o time

Maciel Silva

Supervisor

Graduado em farmácia bioquímica na Universidade Nove de Julho, tem curso de eletrônica ETEC Albert Einstein. Fez especialização em Engenharia Clínica no Hospital Israelita Albert Einstein e também é especialista em práticas e técnicas laboratoriais pela Universidade Nove de Julho.

 

Qualidade e segurança

Um dos medidores importantes para a engenharia clínica é o Índice de Disponibilidade de Equipamento, que mede quanto tempo determinado equipamento ficou disponível para uso. Quanto mais disponível o equipamento, melhor para o paciente. A meta é 99%, ou seja, os equipamentos devem estar disponíveis para uso em 99% do mês (ou de outro período determinado). A disponibilidade média no Sabará é de 99,49%.

Outro indicador é o de satisfação do usuário, ou seja, uma avaliação feita pelos profissionais de saúde que abrem os chamados para a engenharia clínica.

Há um plano de gerenciamento de equipamentos médicos, onde é feita a classificação de risco (todos os equipamentos são classificados de acordo com seus riscos: se é de alto risco, se é de suporte à vida etc) e é montado um plano de calibração e manutenção. Esse controle é mais um meio de garantir a segurança do paciente.

Informativos para os pais

  • Solicitamos aos pacientes e seus familiares que não mexam nos equipamentos. Se você achar que está acontecendo qualquer problema com um aparelho, chame alguém da equipe da enfermagem;
  • Equipamentos externos (que não são do Hospital) também precisam de homologação. Caso você traga algum equipamento próprio, usado em Home Care, por exemplo, avise a enfermagem, que solicitará a presença de um profissional da engenharia clínica para analisar;
  • Em caso de falta de energia, não entre em pânico. Os equipamentos têm bateria interna, e nobreak (UTI e Centro Cirúrgico) e ainda há um gerador. Sempre haverá uma fonte de energia.

Compartilhe sua experiência




Informações para profissionais

Para trabalhar na área, o profissional precisa ter CREA, preferencialmente com experiência na área hospitalar. Clique aqui para enviar seu currículo.

Caso você seja um profissional de saúde do Sabará Hospital Infantil, orientamos a sempre abrir um chamado no sistema, em caso de necessidade de suporte da equipe de engenharia clínica. O tempo de atendimento dependerá da criticidade do equipamento.