Priapismo - Hospital Sabará
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Z

Priapismo

Condição caracterizada por ereção prolongada, frequentemente dolorosa, não associada ao desejo sexual.

Deve ser considerada uma urgência urológica, porque episódios recorrentes podem levar a fibrose dos corpos cavernosos, resultando, futuramente, em impotência. O reconhecimento precoce (em poucas horas) e início de tratamento imediato oferecem a melhor oportunidade de evitar as complicações que são mais prováveis de acontecer quando o quadro persiste por vários dias.

Em crianças, o priapismo tem quase sempre como etiologia a anemia falciforme. Pode ocorrer isoladamente ou em associação com outros sintomas de crises de falcização. O mecanismo de engurgitamento dos corpos cavernosos é decorrente da redução do fluxo venoso de saída por oclusão causada por aglomerados de hemácias deformadas.

Outra causa importante é a leucemia, que promove o mesmo mecanismo de oclusão venosa por células leucêmicas, sendo por isso sempre necessária a realização de leucograma nos casos de priapismo.

Tratamento: inicialmente dirigido para a causa básica. Aumentar a proporção de hemoglobina normal em relação à hemoglobina S, hiper-hidratação, alcalinização e controle da dor.

Quando o quadro persiste apesar dessas medidas, procedimentos cirúrgicos são necessários, como a irrigação e aspiração dos corpos cavernosos ou shunts entre a glande e os corpos cavernosos.

Autor: Dr. Jovelino Quintino de Souza Leão
Fonte: Baseado no texto do autor no livro Manual de Urgências e Emergências em Pediatria
Hospital Infantil Sabará – Ed. Sarvier