A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Z

Pneumococo e Meningococo – Novas Vacinas Conjugadas

As novas vacinas conjugadas contra pneumococo e meningococo são extremamente seguras e efetivas, estimulam a memória imunológica e diminuem a colonização das vias aéreas. Como as crianças menores de 2 anos pertencem ao grupo de alto risco para adquirir infecções por esses agentes, consideramos bastante oportuna a recomendação para que os lactentes sejam vacinados contra essas bactérias. Deve-se, entretanto, ressaltar os seguintes aspectos:

  • a proteção conferida pelas vacinas conjugadas é sorogrupo/sorotipo específica, portanto, os responsáveis pela criança devem estar cientes de que não haverá proteção contra infecções causadas por bactérias de sorogrupos não incluídos na vacina. As vacinas conjugadas contra meningococo C são recomendadas pela SBP apenas para crianças que residem em locais onde a prevalência da infecção por esse sorogrupo é alta. Deve ficar claro para os familiares que a vacina conjugada contra meningoco C não protege contra o meningococo B, que ainda é o sorogrupo mais prevalente em alguns estados.
  • com relação à conjugada contra pnemococo 7-valente, é essencial orientar os pais que seu maior impacto será contra as formas graves da doença, pois as infecções respiratórias mais comuns, como otites, sinusites e pneumonias, podem ser causadas por grande número de sorotipos do pneumococo não incluídos na vacina, além de outros agentes virais ou bacterianos.

As novas vacinas conjugadas contra pneumococo e meningococo estão disponíveis na rede pública (CRIES) para grupos de alto risco (www.funasa.gov.br) e em serviços particulares.

Existem informações disponíveis na internet, mas, por se tratar de informação técnica e sobre saúde, tenha cuidado para saber de onde estão vindo esses dados, dando sempre preferência a órgãos oficiais, sites de sociedades da especialidade ou de faculdades ou universidades.