Adenovírus - Hospital Sabará
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Z

Adenovírus

Adenovírus são um grupo de vírus que normalmente causam doenças respiratórias, como um resfriado comum, a conjuntivite (uma infecção no olho), crupe, bronquite ou pneumonia.

Em crianças, geralmente adenovírus causam infecções no trato respiratório e no trato intestinal. Considere os seguintes fatos sobre adenovírus:

  1. Infecção em crianças pode ocorrer em qualquer idade.
  2. Infecções respiratórias são mais comuns no final do inverno, primavera e início do verão.
  3. Infecções do trato intestinal podem ocorrer a qualquer momento ao longo do ano. Infecções do trato digestivo são mais comuns em crianças com idade inferior a 4 anos.
  4. A maioria das crianças teve alguma forma de infecção nos primeiros 10 anos de vida.

A seguir,as formas mais comuns de adenovírus transmitidos:

Infecções respiratórias
As infecções respiratórias ocorrem quando a criança entra em contato com o vírus. As secreções do trato respiratório podem conter o vírus, e ele também pode sobreviver por muitas horas em objetos inanimados, como maçanetas, superfícies duras e brinquedos.

Infecção do trato intestinal
A transmissão da cepa do vírus digestivo geralmente ocorre por contato fecal-oral. Geralmente, acontece quando não se lavam bem as mãos ou com a ingestão de alimentos ou água contaminados.

A maioria das infecções por adenovírus é leve, com poucos sintomas. No entanto, cada criança pode experimentar sintomas de forma diferente. Infecções respiratórias (os sintomas podem se desenvolver de 2 a 14 dias após a exposição) e infecções do trato intestinal (sintomas podem se desenvolver entre 3 e 10 dias após a exposição). Os sintomas geralmente ocorrem em crianças menores de 4 anos e pode durar de 1 a 2 semanas.

Os sintomas mais comuns do quadro respiratório são febre, tosse, coriza, dor de cabeça e garganta e, no quadro intestinal, febre, diarreia, vômitos e dor de barriga.

Lavar as mãos é importante para evitar a propagação de adenovírus para outros bebês, crianças ou adultos. Se o seu filho está no hospital, os profissionais de saúde vão usar vestimentas especiais de isolamento, como batas e luvas, quando entrarem no quarto da criança.

Tratamento do quadro respiratório:

  1. Aumento da ingestão de líquidos: manter seu filho bem hidratado, por via oral, é importante. Se necessário, um acesso intravenoso pode ser inicicado para dar fluidos e eletrólitos a seu filho.
  2. Broncodilatador: pode ser utilizado para abrir as vias aéreas da criança. Esse medicamento é frequentemente administrado em aerosol, por uma máscara ou um inalador.
  3. Oxigênio suplementar através de uma máscara, tubos nasais ou uma tenda de oxigênio.
  4. Ventilação mecânica: uma criança com quadro grave pode necessitar de ventilação mecânica ou um respirador para facilitar a respiração por um período de tempo.

Tratamento para a infecção intestinal podem incluir:

  1. Reidratação oral: com soro caseiro ou líquidos que ela está acostumada.
  2. Alimentação com alimentos sólidos, se o seu filho for capaz de tolerá-lo.
  3. Algumas crianças podem desenvolver desidratação grave o suficiente para exigir hospitalização.