Sabará lança projeto de atendimento online

O serviço de teleorientação evita idas desnecessárias ao pronto-socorro

 

O Sabará Hospital Infantil lança o projeto de Telemedicina, que englobará diversos serviços. O primeiro deles é a teleorientação por videoconferência, possibilitando o paciente ser atendido por um pediatra experiente do pronto-socorro do Sabará, sem sair de casa. O produto foi pensado especialmente para o período de pandemia de COVID-19, em que as famílias são orientadas a ficar em casa o máximo possível.

“Sabemos que crianças precisam de assistência médica com frequência e, muitas vezes, os pais ficam em dúvida se é necessário procurar um pronto-socorro. Como a ida a um hospital sempre representa um risco, já que é um ambiente onde circulam pessoas com doenças respiratórias transmissíveis, queremos ajudar as famílias a evitar idas desnecessárias ao pronto-socorro neste período de pandemia de COVID-19”, declara Dr. Renato Vieira, diretor técnico do Sabará Hospital Infantil.

A proposta do serviço é facilitar o acesso aos médicos preservando a orientação de isolamento social. Nesta ocasião, o pediatra poderá ver a criança e escutar suas queixas e de seus pais ou responsáveis, esclarecer dúvidas, orientar tratamento domiciliar ou a necessidade de ir ao pronto-socorro para melhor avaliação da equipe ou realização de exames.

“A teleorientação pode ser feita em casos simples. Alguns quadros não podem ser avaliados à distância”, alerta Dr. Rogério Carballo Afonso, gerente de Novos Negócios do Sabará Hospital Infantil. “Outros serviços de telemedicina serão lançados em breve, como as consultas com os especialistas do Centro de Excelência”, completa Afonso.

 

Saiba quem pode fazer a teleorientação:

Para receber este atendimento, a criança precisa estar em bom estado geral e estar dentro dos critérios abaixo:

  • Problemas como resfriados simples, gripe, dor de garganta, tosse, dores de cabeça, alergia, rinite alérgica, sangramentos nasais ou vermelhidão nos olhos;
  • Irritações e alergias de pele, infecções menores, coceira, piolhos, vermes, erupções cutâneas, eczema, infecções da pele ou verrugas, picada de inseto, assaduras, reação vacinal;
  • Problemas gastrointestinais como constipação, diarreia, azia, ingestão acidental de objetos, vômitos e náuseas e outros problemas gastrointestinais;
  • Dúvidas sobre saúde geral das crianças, aleitamento materno ou vacinação de seu filho;
  • Ferimentos leves, cortes, queimaduras, mordidas e outros ferimentos leves;
  • Necessidades imediatas de receitas para aquisição de medicamentos não controlados, conecte-se aos nossos pediatras para avaliação;
  • Dúvidas relacionadas a infecção por Coronavírus.

 

Crianças com atendimento médico em pronto-socorro na última semana não devem ser submetidas a este tipo de atendimento.

 

Serviço:

A teleorientação tem um custo de R$ 60. Para agendar a consulta, acesse o site: https://www.hospitalinfantilsabara.org.br/teleorientacao/ para o pagamento. Após a confirmação do pagamento, a equipe do Atendimento entrará em contato para fazer o agendamento. A teleorientação poderá ser realizada das 10h às 19h.