Depois de 83 dias de internação e a retirada de um cisto, o pequeno Miguel vai com a família para casa - Hospital Sabará
Depois de 83 dias de internação e a retirada de um cisto, o pequeno Miguel vai com a família para casa
Depoimento

Depois de 83 dias de internação e a retirada de um cisto, o pequeno Miguel vai com a família para casa

 

A vontade de viver do pequeno Miguel é encorajadora. Nascido de forma prematura, nas 34 semanas de gestação, seus primeiros momentos já foram bastante delicados. Devido a algumas complicações, foi para a UTI logo após o nascimento.

Durante o período de internação, os médicos alegaram que Miguel não tinha o pulmão completamente formado, e como tratamento, sugeriram uma traqueostomia na qual ele usaria até dois anos de idade, quando  a laringomalacia (diagnóstico dado devido a malformação)  se resolveria sozinha.

“Durante esse período, eu já tinha buscado informações em sites, blogs e já tinham me falado da Dra. Saramira Bohadana. Foi quando eu descobri que existia um tratamento e uma cirurgia para o caso do Miguel e fui buscar atendimento com ela. Encontrei o contato no plano de saúde e marquei uma consulta no Sabará”, contou a mãe Evelyn de Souza Figueiredo Gomes.

Para surpresa de Evelyn, a maternidade que o Miguel nasceu tinha marcado uma cirurgia com a Dra. Saramira para fazer a traqueostomia o que deixou a mãe bastante apreensiva. “Fiquei com muito medo deles convencerem a Dra Saramira de colocar a traqueo ao invés de operar. Mas graças a Deus ela disse iria realizar a cirurgia nele. Até cogitaram de fazer o procedimento na maternidade, mas eu falei que lá não tinha estrutura, que eu queria ir para o Sabará”.

Foram 6,5h de viagem do Rio de Janeiro até São Paulo, mas correu tudo como o previsto.

Quando o Miguel chegou ao Hospital no dia 01 de dezembro, a cirurgia dele já estava agendada para o dia seguinte. O procedimento estava previsto para durar 2,5h, mas, 40 minutos depois, surgiu um imprevisto. “Eu achei que não tinha dado para fazer o procedimento, mas para minha surpresa fomos avisados que ele tinha um cisto que não havia sido visto previamente e era justamente isso que obstruía a via aérea. Ou seja, o diagnóstico correto eu só tive no Sabará”, conta Evelyn.

Após o diagnóstico, foi marcada uma nova cirurgia que foi um sucesso. Poucas semanas depois da retirada do cisto, Miguel foi para o quarto, o que deixou a mamãe extremamente emocionada e assustada, já que era a primeira vez na vida que ele ia para o quarto. “Eu chorei muito, estava apreensiva porque era a primeira vez que ele saía da UTI. Sem monitorização, a equipe me deu um bebê conforto para ele dormir comigo”.

Miguel acaba de completar quatro meses e vem a São Paulo periodicamente para realizar o acompanhamento com a equipe do Sabará.

“No Sabará fomos muito bem recepcionados e acolhidos por todo mundo. Os profissionais são muito competentes. Eu vi e dei meu primeiro banho no meu filho e isso significou muito para mim Depois de 83 dias de internação, meu filho renasceu pelas mãos da Dra. Saramira e da equipe Sabará.”

 

 

 

Open chat
Cuidador Virtual