03 de Junho - Dia Mundial de Conscientização do Pé Torto Congênito - Hospital Sabará
03 de Junho – Dia Mundial de Conscientização do Pé Torto Congênito
Notícias

03 de Junho – Dia Mundial de Conscientização do Pé Torto Congênito

 

03 de junho – Dia Mundial de Conscientização do Pé torto congênito

 

No dia 03 de junho, é comemorado o Dia Mundial de Conscientização do Pé Torto Congênito e a data foi escolhida pela Ponseti International Association (PIA) em homenagem ao nascimento do Dr. Ignacio Ponseti – criador do método PONSETI utilizada com sucesso para tratar o pé torto.

O PTC – Pé Torto Congênito é uma doença que envolve os ossos, músculos, tendões e, apesar de evidências apontarem para fatores genéticos, a causa do PTC ainda é desconhecida. Porém, quanto mais cedo for feito o diagnóstico mais eficaz se torna o tratamento que deve ser iniciado no primeiro mês de vida.

Esse foi o caso do Gael Benicio Machado Vilella. Atualmente com 10 meses, Gael já apresentava sinais de PTC no pé esquerdo desde o exame morfológico feito no 3º trimestre.

“Quando o Gael estava com dois meses começamos a procurar por tratamento. Oque parecia simples foi ficando muito estressante para ele e cansativo, pois os gessos escorregavam e isso atrasou muito o tratamento”, explica a mãe Carla Machado.

Como o tratamento não estava surtindo o efeito esperado, os pais do Gael continuaram a busca por um centro de referência em PTC e foi quando chegaram ao Sabará Hospital Infantil.

“Foi um desafio porque chegou para nós com um pé torto complexo, que é um tipo iatrogenico de pé torto congênito, sendo  difícil de ser tratado”, explica Dra. Tatiana Guerschman, especialista no Método Ponseti no Brasil e ortopedista do Centro de Excelência do Sabará Hospital Infantil.

                     

Desde o início do tratamento, foram feitas apenas cinco trocas de gesso e uma tenotomia cirúrgica. Atualmente, o pequeno Gael está na fase de órtese e a recuperação dele está ocorrendo sem nenhuma intercorrência.

“Só posso agradecer o bom o atendimento do Sabará, da Dra. Tatiana, da equipe, não temos do que reclamar”, afirma a mãe.

 

“Um alerta para os pais é que, assim que forem iniciar o tratamento, busquem um serviço de referência com médicos especializados em PTC. Com isso, o diagnóstico e o tratamento serão mais eficazes e não trazem o risco de piorar o quadro da criança, que pode trazer desgaste e ansiedade tanto para a criança quanto para os pais”, afirma a especialista.

 

 

 

 

 

Agende agora sua consulta pelo nosso Cuidador Virtual