Sabará Hospital Infantil faz a primeira cirurgia de correção de gastrosquise ainda com o cordão umbilical ligado a placenta. - Hospital Sabará
 

  Sabará Hospital Infantil faz a primeira cirurgia de correção de gastrosquise ainda com o cordão umbilical ligado a placenta.

Sabará Hospital Infantil faz a primeira cirurgia de correção de gastrosquise ainda com o cordão umbilical ligado a placenta.  

É a primeira vez que um hospital pediátrico realiza o procedimento

 

Janeiro, 2023 – Embora sem causa determinada, a gastrosquise é um defeito congênito que exige muita atenção e entrosamento da família com a equipe médica dada sua necessidade de cuidados de alta complexidade. A má-formação afeta a parede abdominal do bebê, próximo ao umbigo, deixando expostos ao líquido aminiótico os intestinos grosso e delgado, podendo também ter outros órgãos abdominais .

Sendo facilmente diagnosticada durante a gestação por meio do ultrassom morfológico, a gastrosquise deve ser corrigida imediatamente ao nascimento, repondo as alças intestinais e outros órgãos para dentro do abdome do bebê.

O Sabará Hospital Infantil é a primeira instituição exclusivamente pediátrica a realizar o procedimento denominado Simile-Exit. “Nesse caso, pouco antes do parto a mãe recebeu um sedativo venoso que chegou a circulação fetal, nós retiramos o feto e mantivemos sua oxigenação pelo cordão umbilical  que foi mantido ligado a placenta e pulsando durante todo o procedimento. Dessa forma foi possível manter o bebe com leve sedação evitando a circulação de ar pelos pulmões que é ocasionado pelo choro, diminuindo assim a resistência abdominal e facilitando a reposição das alças intestinais”, explica o especialista em medicina fetal Gregório Lorenzo Acácio, um dos coordenadores da Linha de Cuidados da Medicina Fetal do Sabará Hospital Infantil.

O parto teve um duração habitual e o procedimento de correção da gastrosquise durou cerca de 25 minutos  e contou com uma equipe completa de profissionais como obstetra, cirurgiões pediátricos, neonatologistas, anestesistas entre outros. “Essa técnica traz benefícios para o bebê como a aleitamento materno mais precoce, menor tempo de internação e redução do uso de dieta parenteral”, explica as cirurgiãs pediátricas do Sabará Hospital Infantil, Dra. Natália Pagan e Dra. Fernanda Leão,  responsáveis pelo procedimento.

A cirurgia é inovadora no Brasil, tendo sido realizada apenas por alguns poucos hospitais universitários. “Começamos a acompanhar a mãe desde a descoberta da má-formação, que aconteceu no exame morfológico de terceiro mês de gestação. A participação da equipe multidisciplinar durante todo o processo foi primordial para o sucesso da cirurgia”, explica a obstetra especialista em medicina fetal, Dra. Silvia Herrera.

 

Entenda o caso

Foram 10 anos esperando ansiosamente pela chegada de Francisco. Durante o pré- natal a mamãe Adriana Takata descobriu que o pequeno tinha uma má – formação intestinal chamada de gastrosquise.

Adriana e o pai, Bruno Freitas, que são da cidade de Mogi das Cruzes,   buscaram todas as informações possíveis sobre o assunto. Com isso, chegaram até a Dra. Denise Lapa, coordenadora da Medicina Fetal no Sabará Hospital Infantil, que ao conhecer o caso, sugeriu que ela iniciasse o acompanhamento com a obstetra  Dra. Silvia Herrera,  para que dessa forma, fosse definida a melhor conduta para o nascimento do bebê.

“Eu pesquisei muito, ouvi várias opiniões de especialistas. E quando cheguei ao Sabará me senti segura de verdade. Eu só queria que meu filho sofresse o menos possível e a equipe me explicou que o melhor seria usar a técnica Simile- Exit, já que nesse caso, o Francisco não seria sedado e sim eu, o que me deixou bem mais tranquila”, explica Adriana.

 

Devido a essa complexidade, os pais já sabiam que o parto exigiria mais cuidados. Entretanto, ele aconteceu de maneira inesperada. A bolsa se rompeu antes da data em que estava agendada a cesariana. “Eu fiquei assustada, mas apesar de nervosa, estava  confiante na realização do procedimento e com a equipe que me acompanhava”, conta a mãe.

O pai, que participou ativamente de todo o processo (até a hora do parto) conta que é importante entender tudo o que vai acontecer e fala de maneira emocionada sobre o parto. “Ninguém espera que seu filho vá nascer com algum problema. Quando ele nasceu, não vi a doença, eu só vi meu filho”.

 

Para ele, ter o acolhimento e a presença de uma equipe multidisciplinar fizeram toda a diferença no caso do Francisco. “Mesmo passando o Natal e ano novo aqui no Sabará,  recebemos uma assistência completa, a equipe estava sempre presente e isso foi muito importante”, diz o pai.

 

A cirurgia foi um sucesso e o bebê está sendo acompanhado pela equipe multiprofissional do Sabará.

“Eu só tenho gratidão. Me sinto segura, confiante em cada profissional que cruzou nosso caminho. Eu indicaria o Sabará de olhos fechados para qualquer mãe para qualquer procedimento, seja gastrosquise ou não. O Hospital e a equipe estão sendo maravilhosos com a gente, eu só tenho elogios. Estão nos acolhendo muito”, concluiu a mãe.

 

Sobre o Sabará Hospital Infantil 

 

O Sabará Hospital Infantil, localizado na cidade de São Paulo, é referência no atendimento de crianças e adolescentes até 18 anos.  É o primeiro Hospital exclusivamente pediátrico a conquistar pela quarta vez consecutiva a acreditação pela Joint Comission International (JCI), um selo que assegura sua qualidade assistencial.

 

Fundado há 60 anos, o Sabará Hospital Infantil opera segundo o modelo de hospitais infantis americanos, os Children’s Hospitals, baseado na expertise de alta complexidade em todas as especialidades pediátricas, que conta com uma equipe multiprofissional integrada de alta capacidade resolutiva na atenção à criança.

 

Com uma equipe médica e assistencial altamente capacitada e um parque tecnológico moderno e completo, a Instituição está preparada para a realização de partos, quando há necessidade de intervenção cirúrgica imediata ao nascimento, e transplantes renais.

 

Seu foco em pediatria permite que a Instituição não só conheça as mais diversas doenças infantis, como também garante a expertise no diagnóstico e tratamento de doenças simples às mais raras e de difícil interpretação diagnóstica.

 

Para transformar a experiência da criança internada, conta com o Programa Child Life, composto por especialistas em desenvolvimento infantil. Por meio de atividades lúdicas, os profissionais se comunicam com a criança de acordo com seu desenvolvimento de linguagem e compreensão de mundo, facilitando, assim o seguimento do tratamento.

 

Sabará Hospital Infantil

Assessoria de Imprensa: Luciana Paim

luciana.paim@sabara.com.br

11 2155 9338 / 93351-2319

 

 

 

 

 

 

 

Tire suas dúvidas pelo nosso Cuidador Virtual