Centros de Excelência e Serviços / Núcleo de Puberdade Precoce

Núcleo de Puberdade Precoce

O Departamento de Endocrinologia do Sabará Hospital Infantil acompanha crianças de 0 a 18 anos. Dentre os problemas que concernem à Endocrinologia Infantil, aqueles relacionados ao desenvolvimento puberal também são tratados neste núcleo.

Define-se como puberdade a fase do desenvolvimento que prepara o ser humano para a maturação sexual e a reprodução, que em geral ocorre a partir dos 8 anos nas meninas e dos 9 anos nos meninos, resultante da inter-relação entre fatores genéticos e ambientais. Caracteriza-se por uma sequência de transformações biológicas determinadas pela ação do eixo hipotálamo – hipófise – supra renais – gonadal que culmina com o aumento da velocidade de crescimento (estirão pubertário) e no surgimento das características sexuais secundárias, com consequentes mudanças na esfera psicossocial.

A puberdade precoce é classicamente definida como o aparecimento de caracteres sexuais secundários antes dos 8 anos de idade nas meninas e antes dos 9 anos nos meninos.

Eventos puberais

As principais mudanças no corpo durante a puberdade são:

 

  • Crescimento: à medida que a puberdade se aproxima, a velocidade de crescimento apresenta uma pequena redução, imediatamente antes da rápida aceleração do estirão. No estirão do crescimento da puberdade a idade de início e a velocidade das mudanças variam entre os indivíduos, segundo influência dos fatores hereditários e nutricionais. Nas meninas costuma ocorrer mais cedo e em menor magnitude do que nos meninos.

 

  • Peso: a puberdade também é um momento significativo de ganho de peso. Nos meninos, o pico de ganho de peso costuma coincidir com o pico de velocidade de crescimento estatural; nas meninas, ocorre cerca de 6 meses depois.

 

  • Composição corpórea: durante a puberdade, meninos adquirem massa magra a uma velocidade maior e por mais tempo do que as meninas. Já meninas apresentam um ganho de tecido adiposo mais acentuado do que os meninos. Os hormônios puberais promovem deposição mineral óssea, e o pico de massa esquelética ocorre em torno dos 18 anos.

 

  • Hormônios: a adrenarca (caracterizada pelo aumento da secreção de andrógenos supra renais), o aumento das gonadotrofinas hipofisárias, e o aumento dos esteróides sexuais (produzidos pelos testículos e ovários) contribuem para as mudanças físicas corporais e fisiológicas da puberdade.

Autor: Dra. Fernanda Trolezi - CRM: 129717

Atualizado em: 29/11/2018