Centros de Excelência e Serviços / Núcleo de PTI e Alterações Plaquetárias

Núcleo de PTI e Alterações Plaquetárias

O núcleo de PTI trata crianças de zero a 18 anos com diagnóstico de PTI, antigamente conhecida como Púrpura Trombocitopênica Idiopática e atualmente como Plaquetopenia Imune, que é uma doença na qual o organismo produz indevidamente anticorpos contra suas próprias plaquetas, levando a sua destruição. O que não sabemos é por que o organismo passa a reconhecer as plaquetas como algo estranho e a combatê-las, mas em crianças esse fator desencadeante muitas vezes é um quadro de infecção viral ou alguma vacina, principalmente as de vírus vivo atenuado. Por esse motivo, é considerada uma doença auto-imune adquirida.

As plaquetas, também chamadas de trombócitos, são células do sangue produzidas na medula óssea. O número normal de plaquetas varia de 150.000 e 400.000/mmᶟ de sangue. O papel das plaquetas é iniciar o processo de coagulação, ajudando a estancar sangramentos. A PTI é diagnosticada por uma contagem de plaquetas abaixo de 100.000/mmᶟ. Com um número insuficiente de plaquetas, há uma diminuição na capacidade do corpo em controlar sangramentos e daí os principais sintomas, como hematomas, manchas vermelhas na pele, sangramento nasal, nas gengivas, na urina e nas fezes.

Esse núcleo trata também crianças de zero a 18 anos que apresentem diminuição na contagem das plaquetas por outros motivos que não auto-imune como citado acima.

Autor: Dra. Julia Maimone Beatrice - CRM: 135797

Atualizado em: 09/1/2019