Centros de Excelência e Serviços / Departamento de Alergia e Imunologia

Departamento de Alergia e Imunologia

O Departamento de Alergia e Imunologia do Sabará Hospital Infantil atende crianças com doenças alérgicas, respiratórias, dermatológicas e imunológicas. Realizamos atendimento da demanda hospitalar (interconsultas durante a internação) e ambulatorial, com suporte contínuo de médicos titulados em Alergia e Imunologia que podem ser acionados para avaliar os pacientes com doenças alérgicas ou suspeita de imunodeficiências.

Chamamos de alergias as reações exageradas do sistema imunológico a certas substâncias estranhas ao organismo, chamadas alérgenos. Dentre estes, os mais comuns são ácaros, pólens, pelos de animais, venenos de insetos, medicamentos e alimentos. Quando o sistema imunológico do seu filho reage a estas substâncias, podem aparecer sintomas como tosse, espirros, coceiras, manchas na pele, falta de ar, inchaços etc. E isso pode significar que a criança é alérgica.

Nossos tratamentos são programados para eliminar ou controlar a reação alérgica de modo que a criança possa ser expor com maior segurança aos alérgenos e ter os sintomas tratados, quando ocorrem.

 

Vantagens do nosso Departamento

Por sermos um Hospital exclusivamente pediátrico com todas as especialidades e áreas de atuação em pediatria, é possível oferecer ao paciente uma avaliação completa do problema e da criança como um todo, considerando todos os aspectos que interferem na doença e buscando soluções conjuntas. Além disso, podemos fazer a investigação completa que cada caso requer.

Essa abordagem multiprofissional conta com a interação de várias especialidades, como: Alergia, Gastropediatria, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Fisioterapia e Nutrologia.

Somos referência não só no atendimento, mas também em diagnóstico laboratorial de ponta e abordagem das imunodeficiências primárias, com foco no tratamento curativo (reposição de fatores deficientes como imunobiológicos e/ou Transplante de Medula Óssea).

Temos condições de realizar todos os exames necessários para o diagnóstico precoce e preciso destas doenças.

Nossa equipe presta atendimento ambulatorial especializado e qualificado, com a realização de exames e testes para aprofundar o diagnóstico das alergias e melhorar o acesso ao tratamento, por exemplo, realizando imunoterapia e dessensibilizações.

O trabalho de nossos profissionais é de excelência em pesquisa clínica e epidemiológica no segmento pediátrico. Realizamos diversas pesquisas que permitem estabelecer avanços nesta área. Um exemplo disso é a pesquisa para Triagem Neonatal para Imunodeficiências Primárias e estudo genético para aconselhamento familiar. Essa pesquisa está em andamento em parceria com o Laboratório de Imunologia Humana do ICB-USP e com o Ministério da Saúde. Também realizamos pesquisas clínicas na área de alergia (asma, rinite e dermatites) para determinar a eficácia e segurança de diferentes medicamentos usados no tratamento destas doenças.

 

Agende sua consulta!

Tel:  11 3155 2800

O Departamento de Alergia e Imunologia do Sabará Hospital Infantil é coordenado pela médica e pesquisadora Dra. Fátima Rodrigues Fernandes, que é mestre em Alergia e Imunologia. Há médicos do Departamento que atendem consultas no Centro de Excelência – Dra. Alessandra Miramontes LimaDra. Ligia Spagnol RanalliDra. Carla Faraco – e outros médicos que atendem apenas no Hospital, como as Dras. Marilise Lando e Chayanne Andrade.

 

Dados epidemiológicos

Doenças das vias respiratórias e alergias estão entre as doenças crônicas mais comuns da infância e adolescência:

  • Asma: acomete no Brasil e no mundo entre 10 e 20% das crianças e adolescentes.
  • Rinite Alérgica: as estatísticas apontam para 25% de prevalência desta doença, sendo que 80% dos pacientes com asma, também têm rinite.
  • Dermatite (ou eczema) atópica: incide em cerca de 10% das crianças.
  • Dermatite de contato: em decorrência do aumento do uso de produtos na pele das crianças, esta é uma situação frequente na infância e adolescência.
  • Alergia alimentar: acomete 8% das crianças até os 6 anos.
  • Urticária aguda: atinge cerca de 20% das crianças em surtos agudos e cerca de 10% dos casos podem tornar-se crônicos.
  • Anafilaxia: situação mais rara, porém com risco iminente de desfecho fatal. Pode ser ocasionada por alimentos, medicamentos, venenos de insetos e outros produtos.
  • Infecções de repetição: queixa frequente em crianças pequenas, sobretudo as que frequentam instituições (creches ou escolas). Na dependência de suas características e gravidade, devem ser investigadas quanto a alguma deficiência do sistema imunológico.

Autor: Mariana Setubal

Atualizado em: 08/8/2017