A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Z

Câncer Infantil

Câncer Infantil na Cidade de São Paulo

1988 – 2012

cancer-infantil
Câncer Infantil – Sintomas

Como todas as doenças de crianças e jovens, não existem sintomas claros quando se fala em câncer infantil. Como a enfermidade é rara, alguns sintomas vão depender da localização do tumor e geralmente são comuns em outras doenças, como fadiga, perda de apetite, anemia, gânglios e dores inespecíficas.

Por essa razão, o mais importante é o exame clínico sistemático e as visitas periódicas ao pediatra. Enumeramos, abaixo, os tipos de câncer mais frequentes e seus sintomas.

Leucemias agudas
Febre, calafrios, perda de apetite, dor nos ossos ou nas articulações, gânglios linfáticos inchados, fraqueza, fadiga, falta de ar, palidez e outros sintomas de anemia; sangramento inexplicável, contusões e outros sintomas de um distúrbio de coagulação do sangue; dor óssea, dor articular, distensão abdominal devido ao aumento do baço e do fígado.

Doença de Hodgkin e Linfoma não-Hodgkin
Febre persistente, sudorese noturna, perda de peso inexplicada, cansaço, falta de apetite, coceira, inchaço indolor dos gânglios linfáticos no pescoço ou nas axilas; barriga inchada devido ao aumento do tecido linfoide na retenção de constipação (intestino preso), abdome ou urinária ou devido a inchaço das linfoides em um tecido perto do intestino ou dos rins; tosse ou falta de ar, por motivo de inchaço do timo, uma glândula linfoide na parte superior do tórax.

Tumores do cérebro
Os sintomas dependem da localização do tumor no cérebro e aumento da pressão dentro do crânio: tonturas, convulsões, mudanças de comportamento e de personalidade, perda de memória, confusão, fraqueza progressiva ou paralisia; problemas de visão, audição, fala, olfato, equilíbrio, habilidades motoras; dores de cabeça persistentes, vômitos e visão turva pela manhã.

Sarcomas dos tecidos moles e ossos (Rabdomiossarcoma)
Massa indolor ou inchaço, tumor localizado no abdome ou na pelve. Pode causar dor, vômitos e constipação.

Osteossarcoma e Sarcoma de Ewing (tumores ósseos)
Dor óssea, inchaço, massa palpável no local.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Câncer na Infância

O câncer infantil não pode ser considerado uma simples doença, mas, sim, como uma gama de diferentes malignidades. Esse tipo de câncer varia de acordo com o tipo histológico, localização primária do tumor, etnia, sexo e idade. Encontram-se abaixo descritas informações sobre cada grupo da Classificação Internacional do Câncer na Infância.

Grupo I: Leucemia
Esse grupo de neoplasias corresponde às categorias leucemia linfoide; leucemia não linfocítica aguda; leucemia mieloide crônica; e leucemias não especificadas.

As leucemias são o tipo de câncer infantil mais comum em menores de 15 anos na maioria das populações, correspondendo entre 25% e 35% de todos os tipos, com exceção à Nigéria, onde esse percentual é de 4,5%. Informações do SEER (Surveillance, Epidemiology, and End Results Program) revelaram que, de todos os casos de câncer em menores de 15 anos, as leucemias representaram 31%; e, em menores de 20 anos, 25%.

A incidência manteve-se inalterada nos últimos 30 anos, e as taxas de mortalidade declinaram acentuadamente, refletindo a melhora do tratamento.

Grupo II: Linfomas e neoplasias retículo-endoteliais
Esse grupo de neoplasias corresponde às categorias Doença de Hodgkin; linfomas não-Hodgkin; Linfoma de Burkitt. Correspondem ao terceiro tipo de câncer mais comum em crianças norte-americanas, após as leucemias e os tumores do sistema nervoso central. Já nos países em desenvolvimento, correspondem ao segundo lugar, ficando atrás apenas das leucemias.

Grupo III: Tumores do sistema nervoso central e miscelânea de neoplasias intracranianas e intraespinais
Esse grupo de neoplasias corresponde às categorias ependimoma; astrocitoma; tumores neuroectodérmicos primitivos; e outros gliomas.

Estima-se que cerca de 8% a 15% das neoplasias pediátricas são representadas por esse grupo, sendo o mais frequente tumor sólido na faixa etária pediátrica. Nos países desenvolvidos, estes representam o segundo grupo de diagnóstico mais comum na infância, contribuindo com cerca de 19% a 27% das neoplasias.

Grupo IV: Tumores do sistema nervoso simpático
Este grupo de neoplasias corresponde às categorias neuroblastoma e ganglioneuroblastoma.

Os tumores do sistema nervoso simpático são responsáveis por 7,8% de todos os cânceres em crianças menores de 15 anos de idade. Neste grupo, o tumor mais frequente é o retinoblastoma.

O retinoblastoma (RB), tumor intraocular maligno, pode ocorrer de forma familial ou esporádica. Na Europa, América do Norte e Austrália, o retinoblastoma corresponde a cerca de 2% a 4% de todos os tumores na infância. Nos EUA, aproximadamente 11% dos retinoblastomas se desenvolvem no primeiro ano de vida e somente 3% se desenvolvem em crianças até 15 anos de idade.

A incidência aumentou na última década, provavelmente pela propagação do gene pelos sobreviventes da doença. Algumas evidências indicam que o retinoblastoma é mais frequente em países em desenvolvimento e em regiões tropicais, especialmente na América Latina, África e Ásia, representando de 10% a 15% dos tumores pediátricos.

Grupo VI: Tumores renais
Este grupo de neoplasias corresponde às categorias Tumor de Wilms, tumor rabdoide e sarcoma de células claras; e carcinoma renal.

Os tumores renais representam de 5% a 10% de todas as neoplasias infantis. Destes, 95% são do tipo embrionário, denominado de nefroblastoma ou Tumor de Wilms. Outros tipos que estão incluídos neste grupo, como o sarcoma de células claras, tumor rabdoide e os carcinomas renais, são raros na infância. No passado, a incidência do Ttumor de Wilms era considerada estável, independentemente de etnia, sexo e área geográfica. Mais recentemente, notou-se variação geográfica e temporal dessa doença, com maior incidência na Escandinávia, Nigéria e Brasil, e menor no Japão, Índia e Cingapura.

Grupo VII: Tumores hepáticos
Este grupo de neoplasias corresponde às categorias hepatoblastoma e hepatocarcinoma. Os tumores hepáticos são raros nas crianças, sendo mais frequente o hepatoblastoma.

Grupo VIII: Tumores ósseos malignos
Este grupo de neoplasias corresponde às categorias osteossarcoma; condrossarcoma; e Sarcoma de Ewing.
Dentre esses tumores, o Sarcoma de Ewing e o osteossarcoma representam 5% dos cânceres que ocorrem na criança.

Grupo IX: Sarcomas de partes moles
Este grupo de neoplasias corresponde às categorias rabdomiossarcoma e sarcoma embrionário; fibrossarcoma, neurofibrossarcoma e outras neoplasias fibromatosas; além do Sarcoma de Kaposi.

Os sarcomas de partes moles correspondem a de 4% a 8% de todas as neoplasias malignas na infância. Os rabdomiossarcomas originários da musculatura esquelética são o tipo que mais frequentemente acomete as crianças.

Outros tumores :

  • Grupo X: Neoplasias de células germinativas, trofoblásticas e outras gonadais
  • Grupo XI: Carcinomas e outras neoplasias malignas epiteliais
  • Grupo XII: Outros tumores malignos não especificado


Experiências de vida sobre Câncer Infantil

Quer compartilhar suas experiências?

Envie sua mensagem abaixo:

Ao clicar em continuar você concorda com os termos de utilização.

Termos de Utilização

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.