A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Z

Antibióticos

O CDC (Centro de Controle de Doenças) nos EUA faz, no mês de novembro, uma campanha para o uso consciente de antibióticos tanto para os pais como para os médicos. Com a necessidade de receitas médicas para comprar antibióticos, achamos que seria importante os pais saberem quando e por que se usa esse tipo de remédio.

Antibióticos ou antibacterianos não são a resposta para cada infecção que seu filho tem. Na verdade, existem dois grandes tipos de germes que causam a maioria das infecções nos seres humanos: vírus e bactérias, sendo que os antibacterianos são úteis apenas contra as bactérias, como o nome já diz.

As bactérias são organismos unicelulares que possuem o tamanho de alguns milésimos de milímetro. Elas vivem em nossa pele, em nosso sistema digestivo e em nossas bocas e gargantas. Na verdade, há cem bilhões de bactérias vivendo dentro de nós.

Embora a maioria seja inofensiva e algumas tenham papel positivo no nosso organismo (por exemplo, ajudando na digestão dos nutrientes em nossa dieta), outras são perigosas e provocam infecções. Elas são responsáveis por muitas doenças da infância, incluindo a maioria das infecções de ouvido e garganta, além de algumas infecções do aparelho respiratório, como pneumonias e sinusite, e são comuns as infecções do trato urinário, como infecção urinária.

Os vírus são ainda menores do que as bactérias. Apesar de seu tamanho, os vírus podem causar doenças leves e graves quando entram as células saudáveis do corpo. Eles são responsáveis pelo resfriado comum, a gripe e garganta inflamada, entre outras. Eles também causam varíola, sarampo, caxumba, hepatite e síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS).

Os antibióticos antibacterianos não podem matar vírus e não funcionam contra infecções virais. Se for dado a sua criança quando ela tem uma infecção viral, não só pode causar efeitos secundários, mas também adicionar o grave problema da resistência aos antibióticos. Existem medicamentos chamados antivirais que têm sido desenvolvidos para combater vírus. Mas são usados em casos muito especiais.

Para as crianças, os antibióticos estão disponíveis em várias formas, incluindo comprimidos, cápsulas, líquidos, mastigáveis ou pomadas. Quando o pediatra prescrever um antibiótico, ele irá escolher o melhor para o germe específico que está causando a doença ao seu filho.

A atividade de antibacterianos

Antibacterianos combatem as bactérias infecciosas no organismo. Eles atacam o processo da doença, destruindo a estrutura das bactérias ou sua capacidade de dividir ou se reproduzir.

Se fizer exames de cultura do sangue, da urina ou outros testes que identificam as bactérias específicas que causam infecção em seu filho, o pediatra poderá prescrever um antibacteriano direcionado para os germes que estão causando a doença. Como esses exames demoram pelo menos 24 horas a 48 horas para ficar prontos, os pediatras costumam usar sua experiência e a literatura médica para escolher o antibiótico a ser usado em cada doença.

Lembre-se: se a criança tiver um resfriado, os antibióticos não são a resposta. Às vezes, é difícil para os pais determinarem se a doença de seu filho é causada por vírus ou bactérias. Por essa razão, nunca tente diagnosticar e tratar a doença de seu filho sem consultar um pediatra.

Efeitos colaterais dos antibióticos

Os antibióticos podem ser muito úteis, mas também podem produzir efeitos colaterais em algumas pessoas.
Em crianças, podem causar desconforto gástrico (fezes moles ou náusea), e algumas pessoas têm reação alérgica a penicilina e outros antibióticos, produzindo sintomas como erupções cutâneas (manchas vermelhas) ou dificuldades respiratórias. Se apresentar sintomas alérgicos graves, como dificuldade para respirar ou engolir por causa de “garganta fechada”, leve para a emergência pediátrica imediatamente.

Os antibióticos são sempre usados para evitar doenças?

Os antimicrobianos são usados, principalmente, no tratamento de infecções que seu filho pode desenvolver, mas, às vezes, são prescritos para prevenir uma doença que ocorre com frequência. Por exemplo, para as crianças que têm repetidas infecções do trato urinário são dados antibacterianos para reduzir a probabilidade de que elas voltem a ocorrer. Medicamentos podem matar as bactérias antes que elas tenham chance de causar uma infecção.

A seguir, outras circunstâncias da ação profilática (preventiva) de antibacterianos que podem ser prescritos para crianças:

  1. Penicilina para a prevenção da febre reumática aguda.
  2. À criança que tenha sido mordida por um cão, outro animal ou mesmo outra pessoa serão dados medicamentos para prevenir uma infecção.
  3. Num procedimento cirúrgico, podem ser receitados medicamentos antes de sua operação, para prevenir que uma infecção possa se desenvolver no local da incisão cirúrgica. Normalmente, essas drogas são administradas a crianças não mais do que 30 minutos antes da cirurgia. Uma única dose é, muitas vezes, o bastante.

Autor: Dr. José Luiz Setúbal
Fonte: CDC: Get Smart: Know When Antibiotics Work



Experiências de vida sobre Antibióticos

Quer compartilhar suas experiências?

Envie sua mensagem abaixo:

Ao clicar em continuar você concorda com os termos de utilização.

Termos de Utilização

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Saepe molestias tempora repudiandae nam, sequi. Fugiat sunt quasi facilis, asperiores sint aliquam, dolor impedit ex distinctio praesentium minima, aut explicabo nesciunt. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Optio pariatur nam voluptatibus tenetur dolore. Similique commodi minima quaerat voluptatum molestias, dolorem, accusantium dicta hic delectus nihil, voluptas doloremque molestiae qui.