Adolescente que não Dorme Engorda, Desenvolve Problemas de Comportamento e tem mais Chances de Fumar e Beber

Computador e TV devem ser desligados uma hora antes de ir pra cama para manter ambiente escuro e não comprometer a ação da melatonina, importante no início do sono

São Paulo, fevereiro de 2011 - Com horários desregulados, os adolescentes reclamam e sofrem pelas manhãs. O que, em princípio, parece ser algo simples a se resolver, é considerado sério problema de saúde pública pelos especialistas..

Isso acontece porque a privação do sono não reflete apenas causas fisiológicas, mas também comportamentais. “Elas aparecem no simples mau humor e irritação, até no aumento de peso e uso recorrente de substâncias estimulantes, como nicotina e álcool”, destaca a neuropediatra Clarissa Bueno, do Hospital Infantil Sabará.

O adolescente, por natureza, já sofre um fenômeno de atraso de fase de sono. Diferentemente dos adultos, seu organismo é biologicamente programado para dormir e acordar mais tarde. Ou seja: os teens só começam a produzir melatonina – hormônio indutor do sono – a partir das 23h00 e essa produção só cessa a partir das 8h00.

Uma forma de dar uma mãozinha neste processo é manter o ambiente escuro, já que a produção de melatonina aumenta com as luzes apagadas. Por isso, é interessante que o jovem desligue a TV e o computador pelo menos uma hora antes de ir pra cama.

Ou seja: mesmo os jovens que dormem tempo suficiente tendem a ficar mais sonolentos na parte da manhã, imagine aqueles que passam a noite em claro? Esse atraso associado aos compromissos sociais e escolares, enfim, resulta em pouco sono e suas inúmeras conseqüências.

Já está provado que o não dormir tempo suficiente, esclarece a médica, está associado a alterações metabólicas e de secreção hormonal que interferem no ganho de peso e nos mecanismos de fome e saciedade. “Privado do sono, o indivíduo acaba tendo maior tendência à obesidade. Sem contar que o adolescente que passa as noites em claro na internet acaba ‘beliscando alimentos calóricos’, como carboidratos”, ressalta.

Além dos quilos extras, as noites mal dormidas interferem também no rendimento escolar, no humor, na memória, no estresse e na capacidade de concentração.

Como acordar cedo é uma necessidade social, o ideal é que os pais e os jovens compreendam a importância do sono. “Não se trata de uma regra educativa, mas de uma necessidade fisiológica que merece atenção especial. Sabemos que o tempo médio de sono ideal na adolescência está entre 8 horas e 9 horas”, esclarece.

Como entrar no ritmo das aulas? Para a médica do Hospital Sabará, “o ideal é começar a dormir e acordar mais cedo, de forma progressiva ao longo dos dias, modificando o horário em uma hora a duas horas a cada dia”.

Tradicionalmente conhecido por sua eficiência e bons resultados, o Hospital Infantil Sabará nasceu no início dos anos 60, quando um grupo de médicos pediatras resolveu criar um serviço diferenciado. A partir daí o complexo hospitalar se firmou como centro de referência na área, sendo o primeiro hospital a inaugurar uma UTI pediátrica em 1974. Desde setembro de 2010, o hospital atende na Avenida Angélica, nº 1.987, no bairro de Higienópolis (SP), em um novo prédio de 17 andares que tem um conceito moderno e inovador.