Vitamina D



Porque as vitaminas (com exceção da vitamina D) não podem ser sintetizadas pelos seres humanos, elas precisam ser ingeridas na dieta na prevenção de distúrbios do metabolismo. Elas são divididas em solúveis em água e solúveis em gordura. A vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura.

Deficiência de vitamina D (comumente chamada de "raquitismo" quando ocorre em crianças) é de valor histórico único. Raquitismo foi descrita pela primeira vez em meados dos anos 1600 por Whistler e Glisson, e em 1918, Sir Edward Mellanby descreveu a deficiência de um nutriente solúvel em gordura como a causa para o raquitismo. Pouco tempo depois, Goldblatt e Soames demonstraram que a pele exposta à luz solar ou ultravioleta produzida uma substância com propriedades similares a este nutriente solúvel em gordura.

A luz do sol e luz ultravioleta transforma a provitamina D em vitamina D3 (colecalciferol) na pele. Absorção intestinal é a outra grande fonte de vitamina D, como parte da dieta, a vitamina D é encontrada no leite, peixes gordos, óleo de fígado de bacalhau, e, em menor escala, os ovos. No Brasil vários produtos como pão, biscoitos, leites são freqüentemente enriquecidos com vitamina D.

A deficiência de vitamina D pode ser causada pela exposição ao sol muito baixa combinada com a falta de alimentos vitamina D fortificada ou má absorção intestinal.

Raramente, defeitos genéticos podem causar deficiência de vitamina D, como nas doenças hereditárias como raquitismo resistente à vitamina D.

A dieta recomendada para a vitamina D é de 600 Unidades Internacionais (unidades) para adultos até a idade de 70 anos e para crianças de 400 U. Para adultos 71 anos ou mais, 800 unidades (20 microgramas) por dia é recomendado para a prevenção e tratamento da osteoporose.

Doses excessivas de suplementos de vitamina D em adultos podem resultar em intoxicação. Sintomas de intoxicação aguda são devido a hipercalcemia e incluem confusão, poliúria, polidipsia, anorexia, vômitos e fraqueza muscular. Longo prazo pode causar intoxicação desmineralização óssea e dor. Em crianças, a hipercalcemia pode causar lesão cerebral

Leia mais sobre vitamina D em:

A preocupação com a deficiência de vitamina D
Vitamina D: precisamos suplementá-la?




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA