Unha do bebê



 

 

Você sabia que as unhas crescem cerca de 0,1 milímetro a cada dia e que crescem mais rapidamente nos jovens, nos meninos, e no verão? 

Quem tem um nenê, já percebeu como as unhas deles crescem rápido, e também boa parte das mães e dos cuidadores têm medo de cortá-las e acabar machucando os dedinhos dele.

 Deixar a unha do nenê com tamanho adequado é importante, pois evita que ele se arranhe ou se machuque  e impede o acúmulo de sujeira embaixo das unhas, o que pode causar doenças, lembre-se que volta e meia o nenê está com as mãos na boca. Para isto acontecer,  provavelmente vão exigir que se corte pelo menos uma vez  por semana. 

A Manicure/Pedicure do bebê

A maioria dos  pais se sentem intimidados com a perspectiva de ter que cortar as unhas do seu bebê, mas fazer o papel de manicure/pedicure é bem fácil.

 Se você tiver sorte, a enfermeira da Maternidade será capaz de ajudar a demonstrar a técnica correta, mas boa parte dos hospitais não incentivam o  seu pessoal de fazê-lo, só podemos presumir, pois qualquer lesão não intencional pode ser um problema de responsabilidade.

 E, embora não sejam exatamente o recomendável estamos bem conscientes do fato de que alguns pais optam por mordida ou descascar as unhas dos recém-nascidos, em vez de mexer com tesouras ou aparelhos específicos para corte de unhas. Para cortar as unhas de uma forma mais controlada, vai ser melhor usar um ou o outro (ou ambos), ou simplesmente usando uma lixa de unhas para manter as coisas sob controle.

Para melhores resultados, aparar as unhas do seu bebê, quando ela está dormindo e suas mãos são menos de um alvo em movimento.

Empurre para baixo a pele do dedo assim fica mais fácil de usar o aparador ou a tesoura em torno de ambos os lados da unha e evitar o corte do dedo do seu bebê (ou pés). Molhar os dedinhos com água morna pode deixar a pele e as unhas mais fácil de manipular.

Então, como uma manicure profissional seria, acabar com todas as bordas afiadas ou ásperas com uma lixa e aí está!

Não é tão ruim, afinal com o tempo você vai pegar o jeito da coisa.

Autor: José Luiz Setúbal




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA