Traumas



Fique por dentro dos sintomas que indicam concussões tanto em crianças como em adultos

A concussão é qualquer lesão no cérebro que perturba o funcionamento normal de forma temporária ou permanente. Os traumas na cabeça são, normalmente, causados por um golpe ou choque na região. 

Os traumas na cabeça podem acontecer em qualquer situação, tendo mais frequência na prática de esportes que acarretam colisão, tais como futebol, rúgbi e basquete. No entanto, eles também podem ocorrer a partir de um impacto no chão, na parede ou por meio de uma bola que foi lançada, batida ou chutada. Muitas concussões também acontecem na hora de andar de bicicleta, patins ou skate, pois podem causar quedas e gerar o impacto na cabeça por causa de algum obstáculo de rua.  

Geralmente, os sintomas de uma concussão acontecem logo após a lesão, mas pode levar horas ou dias para aparecer. Eis abaixo alguns sintomas:

• Dor de cabeça;
• Náuseas ou vômitos;
• Tonturas ou problemas de equilíbrio;
• Visão dupla ou embaçada;
• Sensibilidade à luz e aos ruídos;
• Tontura ou se sentir atordoado;
• Sentir-se mentalmente "nebuloso" com dificuldade de concentração e de memória;
• Lento para responder as perguntas;
• Confuso ou esquecido sobre os acontecimentos recentes;
• Alterações de humor: perfil irritadiço, tristonho, emotivo e nervoso;
• Sonolência ou dormir mais ou menos que o habitual;
• Dificuldade em adormecer.

Todos os traumas na cabeça são potencialmente graves e todos os atletas com suspeita de concussão não devem voltar a jogar até que o médico seja consultado. O profissional terá que confirmar o diagnóstico para determinar a necessidade de exames especializados, como tomografia computadorizada, ressonância magnética ou testes neuropsicológicos, para decidir quando será permitido o retorno aos esportes. 

Concussões repetidas são particularmente preocupantes, especialmente se cada um leva mais tempo para resolver ou se a repetição ocorre a partir de um golpe de luz.

O melhor tratamento para a concussão é o descanso completo de toda a atividade física e mental. As crianças devem ser monitoradas com frequência, mas não há necessidade de despertá-las durante o sono. O tempo de recuperação é variável, com base no indivíduo, da gravidade do choque e do histórico de traumas anteriores. 

Nem todos os traumas na cabeça podem ser evitados, mas alguns podem ser prevenidos. Capacetes devem ser usados ??para quaisquer atividades (equitação, bicicleta, skate ou snowboard e ski na neve), devem se encaixar de forma apropriada e estar em boas condições. 
Fonte: Care of the Young Athlete Patient Education Handouts (Copyright © 2010 American Academy of Pediatrics)




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA