Piercings



Uma das coisas que mais preocupam os pais de adolescentes é o uso de tatuagens e de piercings, uma moda que nos últimos anos vem dominando os jovens atuais, a ponto de ser comum em qualquer lugar ver jovens com vários piercings ou tatuagens pelo corpo.

Adolescentes colocam piercing, por razões diferentes. A maioria dos adolescentes o faz porque gosta do jeito que fica o seu novo visual ou se expressar. Algumas colocam um piercing se sentir como parte de um grupo. Em

São Paulo, (a lei 9.828/97 proíbe, que adolescentes com menos de 18 anos façam tatuagens e coloquem piercings) você precisa ter 18 anos ou ter uma autorização dos pais para colocar um piercing.
Antes de decidir, você precisa saber sobre os possíveis riscos à sua saúde. E se você decidir fazer uma tatuagem é importante que seja feito com segurança.

Origem do piercing

Existe uma longa história sobre o piercing e seus diversos significados por todo mundo. Historiadores afirmam que há mais de 2000 anos, alguns clãs e tribos já usavam apetrechos para furar a pele em cerimoniais carregados de simbolismos, com conotações espirituais, sexuais, estéticas e de rituais de passagem e costume.
Nos dias atuais a moda do piercing ganhou força com o movimento Hippie dos anos 60 e 70, conquistando jovens adeptos à prática do sadomasoquismo, que viram no adorno uma nova forma de exaltar o corpo e as suas zonas erógenas.
Este movimento chegou à Inglaterra com o movimento Punk e nos Estado Unidos com o movimento gay nos anos 80 e 90, chamando a atenção de todo o planeta com o casamento entre o primitivo e o moderno.

Como colocar o piercing com segurança

As regras de segurança devem ser sempre seguidas, e deve incluir as seguintes:

  1. Um estúdio de piercing deve ser limpo como um consultório dentário! A área de trabalho deve ser limpa e ter uma boa iluminação.
  2. O equipamento deve ser esterilizado usando uma máquina chamada autoclave.
  3. O artista deve lavar e secar as mãos e usar um par novo de luvas.
  4. Todo o material deve ser novo e esterilizado. Nunca coloque material usado.

Riscos

A seguir estão os riscos da tatuagem:

  1. Cicatrizes, quelóides,
  2. Infecções bacterianas da pele
  3. Hepatites B e C, HIV / AIDS, coqueluche e tétano (hepatite B e vacinas contra o tétano estão disponíveis para ajudar a reduzir o seu risco.)
  4. Sangramento

Piercings na língua são os mais perigosos. Podem provocar infecções na gengiva, problemas respiratórios e até prejudicar a fala, e existem trabalhos que relacionam piercing em mucosas com câncer nestes locais, mas ainda não há comprovação científica.

No nariz e na parte superior da orelha, as contaminações ocorrem porque o tecido das cartilagens tem pouca irrigação. Isso dificulta a ação defensiva do organismo no combate aos micróbios.

No caso das mucosas (lábios, língua e genitais), a umidade pode abrir caminho para a proliferação de fungos e bactérias.

No umbigo, as dobrinhas dificultam a higienização.

Cuidados com seu piercing

1 – Quando colocar  piercing na língua, ela ficará inchada. Colocar gelo ajudará na diminuição do inchaço. No entanto, evite chupar o gelo e deixe-o derreter na sua língua. Chupá-lo vai causar mais inchaço.

2 – Existem algumas limitações quanto ao que você pode comer depois de fazer o piercing na língua. Prefira alimentos macios, frios com gelatinas, sorvetes. Normalmente a língua fica sensível após a colocação do piercing.

3- Evite os alimentos quentes, como o café, pois a jóia irá absorver o calor.

4- Evite também alimentos ácidos, como o ketchup, e com altos teores de sódio, como carnes e alimentos processados, uma vez que irão causar uma sensação de ardor no local do piercing.

5- Alimentos como macarrão e pizza de queijo podem potencialmente envolver a jóia e puxá-la, por isso tenha cuidado enquanto comer este tipo de alimento.

6 – Você terá que limpar o seu piercing da língua após cada refeição, não mais que três vezes por dia. Evite a limpeza obsessiva, pois pode causar uma leve infecção oral. Primeiro, lave bem as mãos para evitar a transferência de germes para a boca. Em seguida, escove os dentes normalmente com uma escova macia.  Use a escova para limpar tanto o lugar como também limpar a parte superior e inferior da jóia. Lavar primeiro com água, e em seguida com um enxaguante bucal não-alcoólico

Atualizado por Dr. José Luiz Setúbal em 30/4/2011
Fonte: Tatuagem e Piercing
(Copyright © 2007 Academia Americana de Pediatria)
http://virgilionascimento.blogspot.com

Leia mais sobre piercing em:

Saiba mais sobre piercings




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA