Fasceíte Necrotizante



 

É uma grave  infecção, rapidamente progressiva da pele e subcutâneo, que ocorre em indivíduos debilitados em pós-operatórios ou em conseqüência a trauma.

Se não tratada prontamente, pode levar a óbito. O agente mais freqüente é o estreptococo, mas S. Aureus, Hemophilus, Proteus e outros podem estar envolvidos.

O quadro clínico se inicia com o aparecimento de uma área eritêmato-edematosa que rapidamente evolui para áreas de necrose, ulceração e gangrena. Ao mesmo tempo, o quadro clínico geral se deteriora.

Diagnostico rápido seguido de debridamento cirúrgico e antibioticoterapia. Apesar de todos os cuidados, a mortalidade é alta. A utilização de imuneglobulina intravenosa pode ser útil nestes casos, mas o debridamento cirúrgico deve ser sempre considerado para eliminação do tecido necrótico.

Autor: Dra. Márcia Regina Monteiro

Fonte: Baseado no texto do autor no:

Manual de Urgências e Emergências em Pediatria.

Hospital Infantil Sabará – Ed. Sarvier




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA