Dores do Crescimento



As dores na infância são queixas muios comuns, sendo que as mais frequentes as dores de cabeça, epigastralgia e dores nas pernas são as mais comuns.

Incidência de dor de crescimento é de até 15 a 30% das crianças normais.As dores nas pernas têm como características:

1)           Mais comuns nas meninas,

2)           Serem noturnas,

3)           Generalizadas (NÃO É SEMPRE NO MESMO MEMBRO)

4)           Geralmente crônicas por persistirem por meses,]

5)           Melhoram com manobras tais como massagens e calor local.

6)           Durante o dia as crianças têm atividades normais, brincam e correm, sem qualquer limitação funcional.

Conduta: no caso do exame físico ser normal, somente tratamento sintomático como calor local e analgésico.

Explicar para a família sobre o diagnóstico e observação. Caso a história seja atípica ou haja sinais patológicos no exame físico recomenda-se uma avaliação mais pormenorizada e a realização de exames complementares.

 

 

Autor: Dra. Patrícia Moraes de Barros Fucs

Fonte: Baseado no texto do autor no livro:

Manual de Urgências e Emergências em Pediatria.

Hospital Infantil Sabará – Ed. Sarvier

Leia mais sobre dor em:

A dor e o estresse na emergência pediátrica
Ortopedista pediátrico desvenda mistérios da dor do crescimento

 




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA