Doença de Chagas na criança



 

A doença de Chagas é uma antropozoonose causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi.

Na ocorrência da doença, observam-se duas fases clínicas:

1)          Aguda, que pode ou não ser identificada, podendo evoluir para uma

2)          Fase crônica caso não seja tratada com medicação específica.

No Brasil, devido à transmissão vetorial domiciliar ocorrida no passado e hoje interrompida, predominam os casos crônicos.

Estima-se que existam entre dois e três milhões de indivíduos infectados. No entanto, nos últimos anos, a ocorrência de doença de Chagas aguda tem sido observada em diferentes estados, em especial na região da Amazônia Legal, principalmente em decorrência da transmissão oral.

Os principais sintomas da fase aguda da doença são:

a-           Febre prolongada (mais de 7 dias),

b-           Dor de cabeça,

c-           Fraqueza intensa,

d-          Inchaço no rosto e pernas.

e-          Especialmente quando a transmissão é oral, são comuns dor de estômago, vômitos e diarréia.

f-            Devido à inflamação no coração, pode ocorrer falta de ar intensa, tosse e acúmulo de água no coração e pulmão.

g-          No local da entrada do parasito, normalmente a picada do barbeiro, pode aparecer lesão semelhante a furúnculo no local, conhecido como chagoma de inoculação.

O tratamento deve ser indicado por um médico, após a confirmação da doença.O tratamento tem duração de 60 dias. Para os portadores da doença crônica a indicação de tratamento deve ser avaliada caso a caso.

Uma das formas de prevenção da doença de Chagas é evitar que o inseto “barbeiro” forme colônias dentro das residências. Em áreas onde os insetos possam entrar nas casas voando pelas aberturas ou frestas, podem-se usar mosquiteiros ou telas metálicas. Recomenda-se usar medidas de proteção individual (repelentes, roupas de mangas longas, etc) durante a realização de atividades noturnas (caçadas, pesca ou pernoite) em áreas de mata. Para a prevenção da transmissão oral é importante seguir todas as recomendações de boas práticas de manipulação de alimentos, em especial aqueles consumidos in natura. 




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA