Diarreias, vômitos e desidratação



Diarreia e vômitos estão entre os problemas mais comuns da infância e são responsáveis por boa parte das internações neste período. A desidratação é a consequência deles.

Os vírus são as causas mais frequentes de diarreia e vômitos, embora em crianças menores, estes podem ser sintomas de alguma infecção como otites, infecções urinárias etc. Nas disenterias viróticas, o tempo de duração pode variar de dois a três dias até 1 semana.

O tratamento é sintomático, com medicações para vômitos, uma dieta leve, sem muita gordura ou alimentos condimentados e uma oferta de líquido acima do comum. Em casos de desidratação leve pode ser oferecido soro (caseiro ou comprados na farmácia), suco de maçã, água de coco, etc.

Nos casos de diarreia com fezes com muco ou sangue, a causa deve ser uma bactéria e necessita de avaliação do pediatra para ver a necessidade de exames ou medicação antibiótica. Diarreia e vômitos também podem ser sintomas de infestações parasitárias como a giárdia, que necessitarão de exames para confirmação do diagnóstico e tratamento com medicação adequada.

Crianças com quadro de diarreia acompanhado de prostração (cansaço físico, esgotamento), com pouca urina ou urina muito escura, boca seca, olhos fundos devem procurar cuidados médico com urgência. Nos casos de diarreia prolongadas (mais de 3 dias) ou vômitos de difícil controle, deve-se também procurar o pediatra.

Leia mais sobre vômito diarréia em:

Vômito e diarreia são sinônimos de atenção




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA