Celulite e erisipela



 

É infecção aguda que acomete porção profunda do tecido subcutâneo, geralmente ocorrendo após um trauma ou ferida da pele.

A erisipela é forma mais superficial da celulite, com bordas mais demarcadas Os agentes mais freqüentes são o S. Aureus ou o Streptococous B-hemolítico. Em crianças menores de dois anos, Hemophilus influenzae deve ser lembrado, causando acometimento sistêmico extenso, freqüentemente acompanhado de quadro respiratório.

O quadro clínico corresponde ao aparecimento de lesão cutânea que se caracteriza por eritema, calor, dor e edema em área mal definida. Nas erisipelas, ocorre frequentemente acometimento linfático e, diferentemente das celulites, a área afetada não é bem demarcada. Acometimento de face, órbita e região peri orbitária indicam internação devido às taxas de complicações.

O tratamento depende da identificação dos agentes envolvidos. Quando isto não for possível, deve-se usar uma penicilina resistente a penicilinase.

 

Autor: Dra. Márcia Regina Monteiro

Fonte: Baseado no texto do autor no:

Manual de Urgências e Emergências em Pediatria.

Hospital Infantil Sabará – Ed. Sarvier




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA