Incontinência Urinária



 

Aprender a usar o “banheiro” é um marco importante para pais e filhos. Para os pais, que significa liberdade de fraldas. Para uma criança, é um passo em direção à independência e auto-suficiência.

Antes de começar o treinamento do toalete, é importante saber se a criança está pronta, como ajudar seu filho, e o que fazer se houver problemas ao longo do caminho.

A idade quando uma criança está pronta para aprender a usar o banheiro depende de uma série de fatores, e isso pode variar de uma criança para outra. A maioria das crianças é capaz de permanecer controlar os esfíncteres entre 2-4 anos.

A maioria dos especialistas concorda que antes de iniciar o treinamento do toalete, uma criança deve ser capaz de fazer o seguinte:

1)           Caminhar até o banheiro

2)           Sentar-se no vaso sanitário

3)           Permanecer com a fralda seca durante várias horas ou acordar seco após um cochilo

4)           Puxar a roupa de cima para baixo

5)           Seguir instruções simples

6)           Comunicar a necessidade de ir ao banheiro

7)           Demonstrar independência, dizendo "não"

8)           Mostrar interesse no treinamento do toalete

9)           Imitar os adultos e crianças mais velhas

Se seu filho é obstipado, os especialistas recomendam resolver este problema antes de começar a treinar a ida ao banheiro. Constipação crônica pode levar a evacuações dolorosas, que pode levar à retenção de fezes e recusa a usar o banheiro, piorando ou agravando o quadro.

Crianças com necessidades especiais

Pode levar mais tempo para uma criança doente para completar o processo de treinamento higiênico e pode haver retrocessos mais, mas com o incentivo e paciência, o sucesso é possível. Pergunte ao provedor de saúde do seu filho como fazer os treinamentos com seu filho com necessidades especiais. Você pode precisar observar mais de perto para os padrões e pistas que sinalizam a criança está pronta para eliminar. Pode haver diferenças, quase sempre há, como Carregar uma criança para o vaso caso não consigam andar ou engatinhar, Ajudar uma criança que não pode usar as mãos para remover roupas e limpar-se depois de uma evacuação. Pai de crianças com autismo e desordens relacionadas pode necessitar de uma ajuda especializada

Os pais também precisam estar prontos para iniciar o processo de treinamento esfincteriano. Pelo menos um progenitor terá de dedicar tempo e energia emocional para o treinamento do toalete diariamente por pelo menos três meses. Isso geralmente significa dar muito reforço positivo, preparando-se para os acidentes de molhar roupas, tapetes, pisos, e ter que lavar roupa adicional.

Pode ser difícil resistir à pressão de outros pais, familiares ou professores, você pode esperar que seu filho treinado para retirar as fraldas com certa idade, mas deve estar pronto para isto. Treinamento do toalete não é um concurso. Sucesso com o treinamento do toalete não significa que o seu filho é mais inteligente ou avançado que outras crianças. Além disso, tendo problemas com o treinamento do toalete ou começando em uma idade mais avançada não significa que o seu filho é preguiçoso, teimoso, rebelde, ou mais lento.

O tempo médio que leva uma criança a aprender a ficar seco durante o dia é de até seis meses, e a maioria das crianças aprende a controlar antes ou ao mesmo tempo o controle diurno e noturno. Permanecer seco durante a noite leva meses ou anos em alguns casos.

Meninas geralmente conseguem o controle mais cedo do que meninos.

Decida os termos que você irá usar para descrever o que a criança precisa fazer e tente ser consistente; exemplos incluem xixi, cocô, bacia, vaso, pinico, etc. Tenha em mente que o seu filho irá usar essas palavras com outros adultos e crianças.

Comprar um pinico para seu filho. No início, um pinico ou adaptador é  mais fácil de usar em comparação com um assento de vaso sanitário comum.

Incentive inicialmente a criança a sentar no pinico, completamente vestido, a olhar para livros ou brincar com os brinquedos.

Após o seu filho sentir-se confortável no pinico completamente vestido, incentivar seu filho a se sentar sem fralda explicando o que você espera, isto o ajuda a compreender o propósito do pinico.

Incentive a criança a dizer-lhe quando ela precisa usar o pinico e atenção aos sinais que seu filho dá, como se contorcendo ou segurando a genitália. Ir com a criança até o pinico sempre que necessário, e elogiar a criança quando ela conseguir e não ficar brava quando ela não fizer nada. Seja paciente, pois pode levar dias ou semanas antes de a criança ser bem sucedida, e lembre-se que as dificuldades são comuns.

Não punir, ameaçar, ou falar de forma agressiva com a criança, se ela tiver acidentes ou não usar o penico.

Não apresse o seu filho tirar as fraldas. Permitir que a criança volte para as fraldas, se ela é incapaz de permanecer seca..

Depois que seu filho dominar a ida ao pinico, ele pode ser transferida para um assento de vaso sanitário (as vezes pode ser útil uma escadinha).

Dicas  -

Tente manter uma atitude positiva e amorosa e evitar tornar-se irritado quando a criança tem acidentes.

Mantenha a criançacom roupa fácil de remover e evite roupas com botões e fechos complicados durante o período de treinamento.

Manter um conjunto extra de roupa com você e troque a roupa suja sempre que um acidente acontecer (na escola, no carro, em casas de parentes).

Evitar brigas durante o treinamento esfincteriano. Se seu filho não está interessado, pare o treinamento do toalete por um tempo antes de tentar novamente.

Não puxar a descarga, enquanto seu filho está sentado no vaso , pode ser assustador para ele.

É completamente normal para uma criança ter acidentes, especialmente no início do processo de treinamento esfincteriano. Lembre seu filho de abrandar e fazer uma pausa para ir ao banheiro quando necessário, especialmente durante uma brincadeira, após as refeições, antes de uma viagem de carro, e antes de ir para a cama.

Mesmo após a criança ter sido completamente toalete treinado, mudanças na rotina diária da criança podem levar a acidentes.

A enurese é um problema comum que afeta 20 por cento das crianças até cinco anos de idade e 10 por cento de seis anos de idade. Até 20 por cento das crianças se recusam a usar o banheiro. Algumas crianças estão dispostas a usar o banheiro para urinar, mas não vai usá-lo para evacuar, em vez disso, a criança pode se esconder e ter uma evacuação em suas fraldas. Há uma série de possíveis razões pelas quais uma criança pode se recusar a usar o banheiro. Nestes casos você deve  conversar com seu filho, mostrar que os pais e outras pessoas também fazem daquele jeito, e nunca deve punir ou ficar bravo e procure modos de incentivar a usar o vaso, se nada disto surtir efeito, procure seu pediatra para orientação.




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA