Cuidado com a Mordida de Cachorro



 

Qualquer cão pode morder

Mesmo o mais fofinho e mais simpático dos filhotes, pode morder quando provocado.

A maioria das pessoas é mordida pelo seu próprio cão ou de algum conhecido. A maioria das mordeduras de cão, ocorre em crianças menores de 5 anos, pois elas ainda são desajeitadas e não têm noção do perigo. Muitas vezes o cão só está se protegendo.

Embora a imprensa e os rumores dêem freqüentemente a impressão de que determinadas raças de cães são mais propensas a morder, há pouca evidência científica para apoiar estas alegações.

Mordidas por cachorros é um evento freqüente (nos Estados Unidos cerca de 800.000 por ano). 

Óbitos e internações são raros, mas podem acontecer, sendo a prevenção a menor maneira  de enfrentar o problema.

Quem pode ser mordido?

O número de ferimentos da mordida de cão registrado é significativamente maior nas crianças do que adultos. Os prestadores de serviços, como carteiros e leituristas também estão no topo da lista das vítimas de mordida de cão freqüentes.

Atenção: Nunca deixe um bebê ou a criança sozinha com um cachorro!

O que é dono de um cachorro que fazer?

Selecione cuidadosamente o seu animal de estimação. Não compre um filhote por impulso. Antes e após a seleção, consulte um  veterinário, pois  é a melhor fonte de informação sobre saúde, comportamento e adequação do animal.

Verifique se o seu animal de estimação seja  socializada quando  filhote para que ele se sinta à vontade perto de pessoas e  de outros animais. Aos poucos exponha  seu cachorro para uma variedade de situações em circunstâncias controladas, continue que a exposição regularmente conforme o seu cão fica mais velho.Não coloque o seu cão em uma posição onde ele  se sinta ameaçado ou provocado.

Mantenha seu cão saudável.

Tenha o seu cão vacinado contra a raiva e doenças infecciosas evitáveis.

Parasitas são comuns em animais, portanto siga as instruções do veterinário para o controle e para ter cuidados de saúde gerais, que são importantes, pois como o seu cão se sente, afeta  diretamente  o modo como ele se comporta.

Caminhada e exercício do seu cão regularmente para mantê-lo saudável e proporcionar a estimulação mental.

Esteja alerta.

Conheça seu cão. Esteja alerta para sinais de doença. Também preste atenção nos sinais , se seu cão está desconfortável ou se comportando de forma agressiva.

Castração seu animal de estimação.

 A ciência disponível sugere cães castrados podem ser menos agressivos e têm menos chance de  ??morder.

Como minha família e eu, podemos  evitar sermos mordidos ?

Seja cauteloso ao redor de cães estranhos e tratar o seu próprio animal de estimação com respeito.

Porque as crianças são as vítimas mais comuns das mordeduras de cães, pais e responsáveis ??devem:

- Nunca deixe um bebê ou criança pequena sozinha com um cachorro.

- Esteja alerta para situações potencialmente perigosas.

- Ensine as crianças para ter cuidado com animais de estimação.

- As crianças devem ser ensinadas a não abordarem cães estranhos ou provocar cães, chegando perto  de cercas.

- Ensine seus filhos a pedir a permissão do proprietário do cão antes de acariciar o cachorro.

Outras dicas que podem impedir ou parar um ataque do cão

- Não corra perto de um cão. Os cães são naturalmente adoram perseguir e pegar as coisas. Não lhes de uma razão de ficar estimulado e ou agressivo.

- Nunca perturbe um cão que está cuidando dos filhotes, dormindo ou comendo.

- Nunca chegar perto de um muro ou cerca que tenha um cão, pois ele pode querer proteger o seu território, e podem interpretar sua ação como uma ameaça.

- Se um cão se aproxima para cheirar você, fique parado. Na maioria dos casos, o cachorro vai embora quando ele determina que não existe uma ameaça.Se você é ameaçado por um cão, mantenham a calma. Não grite ou corra. Tente permanecer imóvel até que o cão sai, ou se afaste lentamente, até que o cão esteja fora de vista. Nunca se virar e correr.

O que devo fazer se meu cão morde alguém?

Mesmo que a mordida possa ser explicada (por exemplo, alguém pisou no rabo do seu cão), é importante assumir a responsabilidade pelas ações do seu cão e tomando medidas como:

- Contenha o cão imediatamente. Separá-lo do local do ataque e confiná-lo.

- Verifique a condição da vítima. Lavar as feridas com água e sabão.

Danos invisíveis podem ocorrer com mordidas, e pode levar a complicações.

- Aconselhamento de um  profissional médico deve ser procurado para avaliar as mordidas e o risco de raiva ou outras infecções.

- Fornecer informações importantes, incluindo seu nome, endereço e informações sobre a vacinação do seu cão da raiva mais recente. Se seu cão não tem uma vacinação anti-rábica em curso, pode ser necessário para a quarentena ou mesmo sacrificá-lo para o teste anti-rábica. A pessoa mordida pode necessitar submeter-se a profilaxia pós-exposição.

- Cumprir com as leis locais a respeito do relato de mordidas de cão.

- Consulte seu veterinário para se aconselhar sobre o comportamento do cão que irá ajudar a evitar problemas similares no futuro.

Conduta frente à mordedura

Limpeza do local com água e sabão e desinfecção com álcool ou soluções iodadas, imediatamente após a agressão.

Quando o animal agressor for cão ou gato deve-se observá-lo durante 10 dias para identificar qualquer sintoma sugestivo de raiva; se possível, o animal suspeito deve ser sacrificado e sua cabeça ou seu cérebro deve ser enviado para o Instituto Pasteur, em gelo, para o exame laboratorial.

Verificar a situação vacinal em relação à pessoa (criança ou não) que recebeu a mordida. Criança deve ter tomado as doses correspondentes para a idade e o adulto deve ter tomado pelo menos há 10 anos. Em caso de dúvida, consulte o médico

 

Procure orientação médica, nos postos de atendimento.

Na Capital de São Paulo: Instituto Pasteur ou Prontos Socorros

No interior: Centros de Saúde ou Prontos socorros

http://www.pasteur.saude.sp.gov.br/informacoes

 

 

RESUMO:

Os cães são companheiros maravilhosos. Ao agir de forma responsável, os proprietários não só reduzira a chances como os ferimentos da mordida de cão.

 

- Mordida por cachorros são comuns, mas geralmente sem maiores gravidade

- Precisa ser avaliado por serviços médicos

- Mantenha seu cão vacinado contra raiva e outras doenças

- Em lugares públicos use coleiras, guias e se for o caso, focinheiras

- Cuidado com crianças menores de 5 anos, pois elas são mais suscetíveis a estes eventos

- Lavar bem a lesão com água e sabão.

-Verificar se a criança ou a pessoa mordida está com a vacina anti-tetânica em dia.

 

 

Em caso de dúvida consulte um médico, ou veterinário ou entre em contato com:

Pronto Socorro Infantil Sabará

Av. Angélica, 1987 - Higienópolis. São Paulo, SP

Telefone: (11) 3155-2800

Instituto Pasteur

PABX:  (11) 3145-3145

Avenida Paulista, 393 Cerqueira César. São Paulo, SP

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Data: 14/4/2011

Fonte: Revista Pediatria SP; 2007 29(2) 109-116

Mordedura de cão na infância e adolescência

C.B. de Godoy

Silvia M. de Andrade

Site do Instituto Pasteur




Veja mais textos e informações úteis em nosso Blog sobre a saúde infantil - http://saudeinfantil.blog.br/

TOPO DA PÁGINA