A História do Sabará – De 1961 a 2016

1961

Um grupo de pediatras reconhecidos – formado por Amadeu C. Paço Filho, Azarias A. Carvalho, Benjamin I. Kopelman, Calil K. Farhat, Charles K. Naspitz, Fernando J. Nóbrega, Nelson Jorge, Israel H. Bogochvol, José Augusto N. Conceição, José Lauro A. Ramos – idealiza o Pronto-Socorro Infantil Sabará.

 

1962

É inaugurado o Pronto-Socorro Infantil Sabará Ltda., com 12 quartos, uma enfermaria e três consultórios, no bairro de Higienópolis, entre as ruas Alagoas e Sabará. Já nessa época fica estabelecida uma padronização de condutas no atendimento médico que ajuda a uniformizar a forma de atenção a ser dada ao paciente.

 

1970

O Pronto-Socorro Infantil Sabará passa a funcionar em novo prédio, na rua Dona Antônia de Queirós, no bairro da Consolação – expansão faseada ao longo de mais de 20 anos, contemplando ao final um Centro Cirúrgico, UTI com 14 leitos, sendo quatro de isolamento; 31 quartos individuais e duas salas cirúrgicas.

 

1974

Criação da primeira Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal do Brasil, com o que havia de mais moderno em equipamentos de monitorização cardiopulmonar e ventilação pulmonar mecânica, apoiados numa equipe médica alinhada aos avanços diagnósticos e terapêuticos da época e extensa experiência clínica em Pediatria Hospitalar.

 

1982

Transformação do Pronto-Socorro Infantil Sabará Ltda. em Pronto-Socorro Infantil Sabará S/A. em razão da incorporação de vários acionistas médicos.

 

1989

Inauguração do Serviço de Eletroencefalografia do Sabará, único no país especializado em Pediatria.

 

1993

Implantação do Conselho de Administração do Pronto-Socorro Infantil Sabará, responsável pela definição das diretrizes da Instituição.

Estabelecimento da Comissão e o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, constatando-se que as taxas de infecção do Sabará eram muito baixas e comparáveis aos hospitais pediátricos internacionais de referência.

 

1995

Incorporação da tomografia computadorizada ao serviço de apoio ao diagnóstico de imagem.

 

1998

Realização da I Jornada de Pediatria Sabará

 

2003

Início do Projeto Novo Sabará – contratação de profissionais especializados para reestruturação administrativa e modernização da infraestrutura e processos assistenciais.

 

2005

Aquisição do Hospital Infantil Sabará. Incorporação do Dr. José Luiz Egydio Setúbal ao Projeto Novo Sabará, com a meta de alinhar o novo hospital às novas exigências da indústria hospitalar. Início do Projeto Criança, que previa a transformação do Hospital em Fundação e a mudança para um novo endereço.

 

2009

Início da implantação de sistema informatizado de gestões administrativa e assistencial, incluindo um sistema de prescrição eletrônica, buscando otimização da eficiência administrativa e segurança e qualidade assistencial.

Criação do Serviço de Diagnóstico por Imagem com radiologistas exclusivamente pediátricos.

 

2010

Novo Sabará Hospital Infantil – empreendimento de R$ 90 milhões, especialmente projetado para atender as necessidades específicas da criança do período neonatal até a adolescência. Localizado na Avenida Angélica, com 17 andares e quase 16 mil m² – novo pronto-socorro projetado para até 130 mil atendimentos por ano; Unidade de Terapia Intensiva pediátrica e neonatal (UTI) com telemetria com 28 leitos; 80 quartos individuais; cinco salas cirúrgicas, sendo uma inteligente para cirurgia minimamente invasiva, uma sala de neurocirurgia com o mais avançado microscópio cirúrgico, instrumental cirúrgico de última geração; nove leitos de recuperação pós-anestésica; unidade de hospital-dia com oito leitos; serviço de diagnóstico por imagem com tomografia computadorizada, ressonância nuclear magnética, ultrassonografia com Doppler, radiologia intervencionista, hemodinâmica, ecocardiografia avançada, eletroencefalografia, fisiologia gastrointestinal e eletrofisiologia cardíaca.

A transferência dos pacientes internados no antigo prédio, incluindo pacientes extremamente graves internados na UTI, ocorre durante um só dia e sem qualquer incidente, tornando-se um “case” da indústria hospitalar brasileira.

Transformação do Pronto-Socorro Infantil Sabará S/A em Fundação Hospital Infantil Sabará, entidade sem fins lucrativos cuja governança, por meio de seu Conselho Administrativo, determina as diretrizes estratégicas e administrativas que assegurem a perenidade da Instituição.

Publicação do Manual de Urgência e Emergências em Pediatria do Hospital Infantil Sabará.

2011

Realizada a primeira hemodiálise contínua e sistema de ultrafiltração lenta por meio do sistema PRISMA, disponível em poucos centros avançados de terapia renal substitutiva do Brasil, expandindo a indicação de hemodiálise a crianças pequenas, assim como ampliando a segurança desse procedimento em crianças criticamente enfermas.

Realizada a primeira cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea.

Inaugurado o programa de Estágio em Anestesiologia Pediátrica no Centro Cirúrgico do Sabará Hospital Infantil, vinculado ao Programa de Residência Médica em Anestesia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

 

2012

Criação do Instituto PENSI, dedicado a pesquisas, ensino e projetos sociais.

Realizada a primeira ventilação mecânica com aparelho de alta frequência em criança com grave insuficiência respiratória, colocando o Sabará num restrito grupo de hospitais de excelência que dominam esse modo de ventilação.

Criação do Serviço de Anestesia com anestesiologistas exclusivamente pediátricos.

Aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Infantil Sabará pelo Conselho Nacional de Pesquisa (Conep).

Realização do 1º Congresso Internacional de Especialidades Pediátricas.

 

2013

Fundação Sabará Hospital Infantil passa a chamar-se Fundação José Luiz Egydio Setúbal.

Inauguração do Centro de Treinamento do Sabará Hospital Infantil.

Inauguração do Programa de Atenção Integral à Anomalia Congênita com Diagnóstico Antenatal (PAI-ACDA) e realização do primeiro parto no Hospital para assistência perinatal intensiva à criança com diagnóstico antenatal de anomalias congênitas.

Primeira cirurgia cardíaca complexa em neonato do PAI-ACDA.

Mais de mil médicos cadastrados no Corpo Clínico.

Acreditação de Qualidade e Segurança Hospitalar pela Joint Commission International (JCI), a mais respeitada agência de acreditação de instituições de saúde no mundo.

 

2014

Inauguração dos Centros de Excelência em Especialidades Pediátricas, inéditos no Brasil.

Criação do NIS – Núcleo de Informações de Saúde, responsável pela acurácia e gerenciamento dos dados epidemiológicos e nosológicos do Hospital.

 

2015

Primeiro tratamento com ECMO (Extracorporeal Membrane Oxygenation – Assistência Circulatória com Oxigenação por Membrana Extracorpórea), ampliando o espectro de soluções técnicas para crianças com falência cardiorrespiratória e colocando o Sabará num restrito grupo de hospitais sul-americanos com essa capacidade.

Único hospital exclusivamente pediátrico no ranking dos melhores hospitais da América Latina da Revista América Economia.

 

2016

Reacreditação de Qualidade e Segurança Hospitalar pela Joint Commission International.

 

2017

Ampliação da UTI para 37 leitos.

Inauguração dos Programas de Estágio em Terapia Intensiva e Emergências para médicos em Programa de Treinamento de Residência Médica.