Meta 6

 

Reduzir o risco de danos aos pacientes resultantes de quedas

As quedas são eventos que podem causar lesões nas crianças hospitalizadas. Sua incidência no ambiente hospitalar varia conforme o tipo de paciente atendido. Crianças com distúrbios de marcha ou equilíbrio, rebaixamento do nível de consciência e em uso de determinados medicamentos estão mais propensas a quedas.

Como medida de segurança, o Sabará identifica as crianças com risco de queda com uma pulseira vermelha contendo os dizeres “RISCO DE QUEDA”, e as equipes assistenciais realizam orientações educacionais constantes tanto com as crianças como com os pais, com o intuito de prevenir quedas no ambiente hospitalar.

A avaliação do risco é realizada diariamente, a partir da admissão, com base nas condições clínicas do paciente. Além disso, a equipe atua na prevenção das quedas relacionadas à estrutura física, como aviso de chão molhado, sinalizações de risco de queda nos brinquedos, mobiliários, corredores livres, camas e berços com grades que permitem elevação e campainhas de acionamento de auxílio.

 

Como contribuir?

  • Uma vez identificado o risco de queda, siga as orientações fornecidas pela equipe de profissionais do Hospital para prevenir quedas. A prevenção é muito importante, pois quedas podem causar lesões e aumentar o tempo de internação;
  • Participe do processo de redução de quedas: oriente sua criança, permaneça ao seu lado, solicite ajuda da equipe assistencial, deixe as grades elevadas, observe sua criança enquanto brinca na brinquedoteca.

 

Havendo dúvidas, procure o profissional de saúde que presta assistência à criança. Participe do processo de redução do risco de queda, sua atitude pode evitar falhas.