Como nós fazemos

Credenciamento de médicos

O credenciamento médico no Sabará Hospital Infantil consiste na aprovação do cadastro para uma das categorias e no estabelecimento de privilégios de atuação quando em atividade. O  Serviço de Atendimento ao Médico (SAM) está disponível durante os 12 (doze) meses do ano.

Alguns critérios são adotados para ajudar a estabelecer um histórico que embasa a solicitação de cadastro pelo candidato e atesta sua atual competência para o cumprimento da responsabilidade de atendimento. Além disso, são importantes para auxiliar a liderança médica e o corpo diretivo a assegurar a segurança do paciente e a qualidade do serviço por meio de práticas médicas consolidadas e referendadas pela comunidade médico-científica.

Todas as solicitações para cadastro no Hospital devem ser formalizadas por meio de preenchimento de ficha e entregues pessoalmente ou enviadas via internet ou  correio – acompanhadas pelos devidos documentos e referências profissionais para posterior apreciação.

A aceitação da solicitação nas categorias previstas no Hospital está sujeita às normas administrativas e à demanda de profissionais por especialidade. O Sabará não negará credenciamento com base em idade, sexo, raça, cor, credo ou nacionalidade. Da mesma forma, não permitirá qualquer tipo de discriminação a profissionais ou pacientes por essas características.

As informações necessárias para o cadastramento incluem os seguintes itens (sem, contudo, se limitar a eles):

  • Registro no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP);
  • Treinamento e/ou experiência comprovada relevante:  a relevância é analisada por critérios objetivos como títulos de especialista conferidos pela Associação Médica Brasileira (AMB), Residência Médica credenciada pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), treinamento formal (Residência Médica e/ou Fellowship) em instituições estrangeiras e experiência profissional consolidada, com documentação formal comprobatória;
  • Nomes de dois médicos cadastrados há mais de 1 (um) ano no Hospital e que possam atestar a atual competência e caráter profissional do candidato;
  • Eventuais informações sobre interrupção voluntária ou involuntária da atividade profissional ou limitação, redução ou perda de prerrogativas clínicas em outras instituições;
  • Apresentação de Certidão Ético-Profissional, emitida pelo CREMESP;
  • Declaração assinada de que o profissional aceita e se compromete a cumprir o regimento do corpo clínico da instituição;
  • Certificado de graduação finalizada há no mínimo 2 (dois) anos.

 

Para aprovar o cadastro de um candidato, o setor de credenciamento (SAM) do Hospital verifica as informações junto às fontes originais. O processo segue a seguinte sequência:

  • Recebimento da solicitação de cadastramento acompanhada de todos os documentos que a compõem;
  • Verificação da veracidade das informações pelo SAM;
  • Revisão da documentação, avaliação do diretor técnico ou clínico e recomendação do gestor médico da unidade correspondente;
  • Estabelecimento das prerrogativas clínicas, levando em consideração a recomendação de credenciamento;
  • Aprovação ou veto do cadastro em até 30 (trinta) dias após a entrega de todos os documentos solicitados.

 

Categorias de credenciamento de médicos

  • Membro provisório: médico legalmente habilitado pelo CREMESP, cujo processo de credenciamento ainda não foi completado no Sabará Hospital Infantil;
  • Membro interno: médico legalmente habilitado que atendeu aos requisitos de credenciamento e que, atualmente, realiza para o Hospital atividades presenciais de plantonista ou hospitalista, ou plantões de retaguarda à distância;
  • Membro externo: médico legalmente habilitado que atendeu aos requisitos de credenciamento e que utiliza as instalações e serviços do Hospital, mas não se encaixa nas especificidades do item anterior;
  • Estagiário: médico legalmente habilitado e devidamente cadastrado de acordo com as normas para estágio instituídas pelo Núcleo de Ensino do Instituto PENSI, e que atualmente realiza atividades complementares de aprendizado;
  • Observador: estudante de Medicina ou médico sem registro no CREMESP, brasileiro ou estrangeiro, devidamente cadastrado de acordo com as normas para estágio instituídas pelo Núcleo de Ensino do Instituto PENSI, e que atualmente realiza atividades complementares de aprendizado.

 

Credenciamento de profissionais não médicos

As informações necessárias para o cadastramento incluem os seguintes itens (sem, contudo, se limitar a eles):

  • Registro no Conselho Regional Profissional no Estado de São Paulo;
  • Treinamento e/ou experiência comprovada relevante: a relevância é analisada por critérios objetivos como títulos ou diplomas de habilitação conferidos por escolas superiores, títulos de especialista certificados por associações de classe, treinamento formal em instituições nacionais ou estrangeiras e experiência profissional consolidada, com documentação formal comprobatória;
  • Nomes de dois médicos ou profissionais não médicos da mesma categoria profissional cadastrados há mais de
    1 (um) ano no Hospital e que possam atestar a atual competência e caráter profissional do candidato;
  • Eventuais informações sobre interrupção voluntária ou involuntária da atividade profissional ou limitação, redução ou perda de prerrogativas clínicas em outras instituições;
  • Declaração assinada de que o profissional aceita e se compromete a cumprir o regimento do corpo clínico do Sabará Hospital Infantil;
  • Certificado de graduação finalizada há no mínimo 2 (dois) anos.

 

Para aprovar o cadastro de um candidato, o setor de credenciamento (SAM) do Hospital verifica as informações junto às fontes originais. O processo segue a seguinte sequência:

  • Recebimento da solicitação de cadastramento acompanhada de todos os documentos que a compõem;
  • Verificação da veracidade das informações pelo SAM;
  • Revisão da documentação, avaliação do diretor técnico ou clínico e recomendação do gestor médico da unidade correspondente;
  • Estabelecimento das prerrogativas clínicas, levando em consideração a recomendação de credenciamento;
  • Aprovação ou veto do cadastro em até 30 (trinta) dias após a entrega de todos os documentos solicitados.

 

Categorias de credenciamento de profissionais não médicos

  • Membro interno: profissional legalmente habilitado que atendeu aos requisitos de credenciamento e que realiza atividades presenciais ou plantões de retaguarda à distância para atender os pacientes da Instituição;
  • Membro externo: profissional legalmente habilitado que atendeu aos requisitos de credenciamento e que utiliza as instalações e serviços do Hospital, mas não se encaixa nas especificidades do item anterior;
  • Estagiário: profissional legalmente habilitado pelo respectivo Conselho Profissional, devidamente cadastrado de acordo com as normas para estágio instituídas pelo Núcleo de Ensino do Instituto PENSI, e que atualmente realiza atividades complementares de aprendizado;
  • Observador: estudante ou profissional sem registro no Conselho Profissional da respectiva categoria profissional, brasileiro ou estrangeiro, devidamente cadastrados como tal, de acordo com as Normas para Estágio Núcleo de Ensino do Instituto PENSI, e que atualmente realiza atividades complementares de aprendizado.

Recadastramento

Todos os profissionais cadastrados são informados sobre o processo de revalidação de seu cadastro a cada 3 (três) anos por e-mail, com o recebimento do Formulário de Recadastramento/Atualização Cadastral. Tal ficha deve ser devidamente preenchida e encaminhada ao SAM COM cópias dos certificados de cursos e/ou atualizações científicas realizadas em sua área de atuação nos últimos 3 (três) anos, manifestando, assim, o interesse em permanecer cadastrado na Instituição.

A revalidação do cadastro é realizada pela Diretoria Clínica ou Técnica, levando também em consideração o desempenho profissional.